Salles tem cumprido orientações e sido parceiro na área ambiental, diz Mourão

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, saiu mais uma vez em defesa do ministro Ricardo Salles, do Meio Ambiente. O chefe da pasta acumula desgaste no cargo em função da política ambiental do governo. Além disso, o Brasil tem sido pressionado por investidores estrangeiros para reduzir o desmatamento da Amazônia.

“O ministro tem cumprido todas as nossas orientações e tem sido um parceiro na busca das soluções e melhoria da nossa política ambiental e do combate às ilegalidades”, disse Mourão, em audiência no Senado, para falar sobre a Amazônia. A declaração foi dada após a líder do Cidadania, Eliziane Gama (MA), ter questionado o vice-presidente sobre a permanência de Salles no governo.

Perguntado sobre o acordo entre o Mercosul e a União Europeia, Mourão evitou entrar em detalhes. Ele alegou que a Holanda é concorrente do Brasil na comercialização de produtos agrícolas e que um comentário brasileiro poderia ensejar uma retaliação do outro país em relação à negociação entre os dois blocos.

“Nós temos que fazer o nosso dever de casa e combater ilegalidades na região amazônica, não dando margem para que nós sejamos acusados de não ter política ambiental afinada com acordos assinados e com o pensamento no mundo”, comentou.

Fonte: Agencia Brasil