Igreja é assaltada ao vivo durante transmissão de missa

O padre Ramiro Mincato começava a celebrar a missa das 19h, na última quarta-feira (15), quando foi surpreendido por dois assaltantes que entraram na Paróquia São José Operário, em São Leopoldo, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Em razão da pandemia de coronavírus, que limitou o número de fiéis dentro da igreja, as missas têm sido transmitidas ao vivo pelo facebook. A secretária da paróquia, Jeni Hugentobler, relata que poucas pessoas estavam presentes na igreja quando os bandidos chegaram. “Só tinha umas cinco pessoas. Eles foram em direção a um senhor e pediram a carteira e a chave do carro”, conta ela.

Os assaltantes conseguiram levar dois celulares, e só não levaram o notebook usado para fazer a transmissão porque o padre Ramiro os impediu. No vídeo, é possível ver que o sacerdote interrompe a missa e diz “toca o alarme”. Ele também se dirige aos espectadores da live e pede “manda a polícia aqui pra igreja, estamos sendo assaltados durante a missa”. A transmissão é interrompida e o padre volta momentos depois. “Estamos todos meio chocados com isso que nos aconteceu aqui agora, mas vamos continuar nossa missa”, relatou.

O pedido do padre para que os fiéis chamassem a polícia funcionou. Poucos minutos após o início do assalto, os policiais chegaram à igreja, provocando a fuga dos assaltantes, que ainda não foram localizados.

 

Fonte: Agencia Brasil