Pinscher é suspeito de engravidar pitbull: 'deitada pode acontecer'

Um casal improvável pode ter tido um filho na cidade de Palmas, no Tocantins: um pinscher e uma pitbull. A história inusitada foi divulgada pela TV Anhanguera. De acordo com a emissora, a dona dos animais, a cirurgiã dentista Bruna Karolliny Matos, contou que a família tomou um susto quando levaram a cadela ao veterinário e descobriram que ela estava prenha.

“A gente imaginou que ela estava sedentária, porque estava engordando”, conta. Ela e o marido levaram a pitbull a uma clínica acreditando que havia algo de errado com a cachorra e quase não acreditaram no diagnóstico. 

Os tutores chegaram a checar as câmeras de segurança que têm instaladas na casa para conferir se nenhum cachorro além do pinscher que convive com a pitbull tinha entrado na casa. “Ela gosta muito de ficar sentada na porta com as quatro patas para cima, deitada”, afirma Bruna. 

A expectativa é de que a pitbull tenha dez filhotes, segundo o veterinário. Bruno Lima. Ele explicou à emissora que, apesar de improvável, é possível que o cruzamento tenha ocorrido.

“A gente tem problemas anatômicos aí, problemas físicos. A fêmea é muito grande e o macho é muito pequeno. Ele consegue fazer a monta com ela deitada, com ela em pé não vai ser possível, mas com ela deitada pode acontecer”, pontuou. 

Fonte: Agencia Brasil