App Cidade Solidária ultrapassa 9 mil usuários e 5 mil estabelecimentos cadastrados

A adesão ao aplicativo (app) Cidade Solidária tem sido muito positiva, desde o seu lançamento, avalia a Prefeitura de Lauro de Freitas. Em menos de dois meses de atividade, o aplicativo já ultrapassou a marca de 5.400 estabelecimentos cadastrados e mais de 9 mil usuários, que utilizam a ferramenta para a realização de compras virtuais.

O app é gratuito e pode ser acessado via WhatsApp – veja como funciona abaixo. A ideia é impulsionar e ajudar os pequenos empresários locais a enfrentarem as dificuldades decorrentes da pandemia do novo coronavírus. Idealizado e implantado pela gestão municipal da cidade, o Cidade Solidária é exclusivo para os comerciantes da Lauro. De acordo com Uilson Souza, secretário de Trabalho Esporte e Lazer, a ferramenta busca contornar os prejuízos e permitir que as vendas sejam feitas sem uma ampla concorrência. 

“O aplicativo é uma forma de estimular as vendas do comércio local nesse período tão difícil. A adesão foi surpreendente, o que demonstra a busca de alternativas e o acerto da atual gestão. O fato de só comerciantes locais poderem se cadastrar é outro ponto muito importante. Ficamos felizes e agradecemos a confiança de todos que estão usando a ferramenta para compra ou venda”, comentou.

De acordo com Edmilson Ribeiro, 38 anos, baiano de acarajé, o aplicativo está sendo um instrumento de vendas fundamental neste momento. “Por enquanto, nós, baianas e baianos de acarajé, só podemos montar o tabuleiro e fazer entrega. Não podemos disponibilizar mesas nem cadeiras para as pessoas comerem no local. Isso fez as minhas vendas caírem bastante. Assim que soube do aplicativo, eu me cadastrei. Estou gostando, pois consigo fazer muitas vendas. Agradeço muito à Prefeitura por esse apoio”, comentou o baiano que trabalha no bairro de

Pitangueiras há mais de nove anos.
A restrição de ser munícipe ocorre apenas no cadastro dos comerciantes. Para a realização de compras, o aplicativo está disponível para pessoas de outras localidades. A variedade de segmentos também aumentou bastante nos últimos meses. Os usuários podem ter acesso a esteticistas, gráficas, imobiliárias, serviços condominiais, pets shops, depósitos de bebida, auto-escolas, perfumarias, floriculturas, lojas de roupas, restaurantes, hamburguerias, pizzarias, informática, pedreiro, mecânico além de outros serviços autônomos da cidade.  

“Para fazer o cadastro foi ótimo. Super fácil e prático. Os nossos clientes fazem o pedido via WhatsApp, envia a localização e nós levamos as refeições até eles. Estou tendo muitos clientes através do aplicativo. Está nos ajudando bastante. Através dessa movimentação, conseguimos manter nossos funcionários. Só tenho a agradecer”, disse Miriam Dias, proprietária do Restaurante da Galega, localizado no bairro da Itinga.

Na outra ponta estão consumidores satisfeitos. “Senti muita segurança no serviço. Solicitei pela manhã e a compra chegou na hora marcada, logo depois. Não precisei sair de casa e o entregador seguiu todos os protocolos da pandemia”, afirma o educador físico Cláudio Moura, morador de Ipitanga. Ele destacou também a grande variedade de serviços oferecidos, inclusive de empresas de porte, perfumarias e mercados.

Como funciona
Comerciantes e clientes devem salvar o número: (71) 9 9981-9169, com o nome “Cidade Solidária”. Em seguida, deve enviar uma mensagem pelo WhatsApp para realizar o cadastro da empresa ou iniciar o procedimento de compra de produtos e serviços.

Os interessados em cadastrar uma empresa devem digitalizar a palavra “vender”. Em seguida, digita o nome completo, tipo do negócio, bairro, região que atende, rede social e por último os produtos e serviços que oferece. Depois dessas etapas, basta digitar a palavra “concluir”.

O negócio cadastrado ficará disponível para vendas no sistema depois de 24 horas. Quanto mais o proprietário especificar os tipos de produtos e serviços, mais facilmente será encontrado pela busca de compras. Todas as funções da plataforma de inteligência funcionam somente por comandos no WhatsApp.  

O aplicativo é ainda mais simples para quem vai comprar. Depois de salvar o número na agenda do celular e enviar a primeira mensagem, basta digitar o nome do produto, serviço ou bairro. As lojas cadastradas serão enviadas pela plataforma com todos os contatos disponíveis. A plataforma funciona 24h, de domingo a domingo.

Fonte: Correio