Sem máscara, desembargador rasga multa e humilha guarda municipal: 'analfabeto'

Um homem que caminhava na praia sem máscara foi flagrado humilhando um Guarda Civil Municipal de Santos, no litoral de São Paulo. Um vídeo que mostra toda a cena foi espalhado pelas redes sociais.  

O homem é Eduardo Almeida Prado Rocha de Siqueira, desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo. Ele descumpria um decreto municipal que exige o uso do equipamento de proteção e, ao ser multado, ofendeu o profissional que fazia a fiscalização o chamando de “analfabeto” e chegou a rasgar o papel com a infração. 

O vídeo mostra o momento em que os agentes abordam Eduardo, pedindo que ele ponha a máscara. O desembargador diz que não vai assinar a multa e ameçava rasgar o papel. O Guarda Municipal, então, alerta que ao agir assim Eduardo seria autuado por desperdício em via pública, levando uma segunda multa.

“Você quer que eu jogue na sua cara? Faz aí, que eu amasso e jogo na sua cara”, disse o desembargador.

Em seguida, o infrator pegou o celular e ameaçou ligar para o Secretário de Segurança Pública do município, Sérgio Del Bel Junior. “Estou aqui com um analfabeto”, diz o homem ao telefone. “Eu falei, vou ligar para ele [Del Bel] porque estou andando sem máscara. Apensar eu estou andando nessa faixa da praia e ele está aqui fazendo uma multa. Eu expliquei e eles não conseguem entender”, reclama ao telefone.

No momento em que o guarda municipal está finalizando o preenchimento do papel da multa, o desembargador arranca o papel da prancheta, amassa e joga na faixa de areia da praia, indo embora em seguida.

Em Santos, o uso da máscara é obrigatório e, caso a pessoa esteja sem o equipamento, recebe de multa no valor de R$ 100.

Procurado pelo G1 Santos, o secretário de Segurança de Santos, Sérgio Del Bel, prestou apoio à equipe que fez a abordagem e afirmou que a multa foi lavrada na tarde deste sábado (18).  

Já o diretor da Associação dos Guardas Civis Municipais, Rodrigo Coutinho, disse que não é a primeira vez que Eduardo é abordado sem a máscara e age assim com a fiscalização. Por conta disso, informou que “caso se confirme  que ele é desembargador, a asssociação enviará uma documentação ao Tribunal de Justiça para que esse senhor seja punido”, afirmou.

“Enviaremos, também, um ofício ao Secretário Sérgio Del Bel Junior porque, no áudio, nós conseguimos ouvir que ele orienta ao senhor para que rasgue a multa e diz ‘fique tranquilo que a multa não será realizada’. O GCM manteve todo o tempo o profissionalismo, a calma e uma postura exemplar”, finaliza.

Fonte: Correio