5 vídeos para mostrar que Drauzio Varella é único homem possível; veja

Nos comentários cheios de ironia e exagero nas redes sociais, que pedem o fim da instituição “homem branco e hétero”, apenas um indivíduo da espécie parece ser consenso na hora de apontar quem deveria ser salvo em caso de queda de meteoro ou juízo final: Drauzio Varella.

A exaltação do oncologista que, no auge de seus 77 anos, exibe um estilo de vida e uma mentalidade jovial é totalmente justificada. Ele logo se tornou um dos grandes divulgadores científicos e defensores de uma abordagem mais humana da medicina no Brasil.

Desde 1986, quando começou a falar sobre a prevenção da Aids na rádio Jovem Pan de São Paulo, Drauzio tem alertado a população sobre questões voltadas à saúde através dos meios de comunicação. 

Dráuzio é muito ativo em seu canal no YouTube, onde possui quase 2,5 milhões de inscritos. Nesta segunda (20), às 19h, o médico irá participar de uma live no Instagram do CORREIO, com a apresentação do publicitário baiano Joca Guanaes, como parte do projeto “Segundou”, que recebeu o jogador Daniel Alves na semana passada.

Mas, antes disso, lembre cinco provas de que Dráuzio Varella é o “único homem possível”.

1 – Homofobia é estupidez

2 – “Tem cabimento alguém ter orgulho só por ser branco?”

3 – Defesa do exame de toque 

4 – Sem medo de se posicionar

5 – Puro carisma

*Com orientação do editor Wladmir Pinheiro

Fonte: Correio