Pazuello se emociona ao falar de 80 mil mortos: 'Toda vida é importante'

O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, se emocionou, nesta quarta-feira (22), ao comentar o número de mortos pela Covid-19 no Brasil, durante entrevista coletiva de imprensa online para tratar das ações de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

Nesta quarta-feira, o país chegou a marca de 82.771 óbitos pelo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde

“Não é um número. São 80 mil vidas, é uma realidade. Isso dói e nos faz todo dia acordar para trabalhar e buscar as melhores soluções para evitar novas mortes. Eu me solidarizo com todos que perderam alguém da família. Não são números, são pessoas, são brasileiros. Eu lamento profundamente por cada vida perdida. Eu falo também pelos profissionais de saúde que estão diuturnamente na frente de combante, se expondo e alguns perderam suas próprias vidas”, disse.

“Nós estamos juntos nesta missão, quero deixar isso bem claro. Nós estamos aqui para salvar cada vida, e toda vida é importante. Isso é prioridade e é o nosso foco. Nós trabalhamos dia após dia das sete da manhã a meia-noite. Todo dia, segunda a segunda, sem sábado e sem domingo, desde o dia que nós chegamos aqui para buscar a melhor solução e para entregar o mais rápido possível o que vai salvar mais vidas”, continuou ele. 

Nesta quarta-feira, Pazuello esteve em Santa Catarina, onde se reuniu com o secretário Estadual de Saúde André Motta Ribeiro.

Veja no vídeo abaixo a coletiva na íntegra:

 

Fonte: Agencia Brasil