Auxílio Emergencial: Caixa divulga calendário para desbloqueio de contas

A partir desta quinta-feira (23), os usuários do Caixa Tem, usado no recebimento do auxílio emergencial, que tiveram contas bloqueadas preventivamente por inconsistência cadastral poderão realizar o envio de documentos por meio do aplicativo para realizar o desbloqueio em até 24 horas. O Caixa Tem apresentará as orientações necessárias que o beneficiário deverá seguir no próprio aplicativo.
 
No caso de contas bloqueadas por indícios de fraudes, os usuários serão informados por meio do aplicativo Caixa Tem para que se dirijam a uma agência de acordo com calendário escalonado por mês de aniversário. Segundo o banco, o objetivo é evitar filas nas agências e aglomerações.
 
Veja as datas dos desbloqueios:
Mês de aniversário: Janeiro, fevereiro e março.
Desbloqueio até: 24 de julho
Mês de aniversário: Abril e maio
Desbloqueio de 27 a 31 de julho
 
Mês de aniversário: Junho e julho
Desbloqueio de 3 a 7 de agosto
 
Mês de aniversário: Agosto, setembro e outubro
Desbloqueio de 10 a 14 de agosto
Mês de aniversário: Novembro e dezembro
Desbloqueio de 17 a 21 de agosto
Caixa Tem: Saiba como liberar a conta bloqueada e receber o auxílio emergencial
Combate a fraudes
O banco disse ainda atua de forma conjunta com os órgãos de segurança pública para mitigar riscos de fraudes e garantir nível adequado de segurança no pagamento do auxílio emergencial e demais benefícios sociais.
 
A Caixa reforça que o aplicativo tem “múltiplos mecanismos integrados de segurança, mantendo-se inviolável e seguro”. “Recomenda-se aos usuários utilizar apenas os aplicativos oficiais da Caixa e jamais compartilhar informações pessoais”, diz o banco.

Como liberar a conta?

Para liberar a conta digital e receber o auxílio de R$ 600, o beneficiário deve identificar qual é a situação do seu cadastro no aplicativo Caixa Tem para saber como proceder. 

Veja como atuar em cada caso:

Suspeita de fraude: o beneficiário precisa comparecer a uma agência da Caixa e apresentar um documento de identificação com foto para solicitar o desbloqueio da conta. De acordo com o presidente da Caixa, a medida serve para comprovar que o usuário é o titular da conta. Nesse caso, o titular receberá a seguinte mensagem: “É necessário regularizar seu acesso. Procure uma agência, de acordo com o seu calendário de recebimento”.

Inconsistência cadastral: o banco pede que o beneficiário acesse o Caixa Tem, solicite a liberação do acesso e envie a documentação pelo WhatsApp, no link indicado pelo aplicativo. Não é preciso comparecer à agência da Caixa. Nessa situação, o titular receberá a mensagem: “Para finalizar a validação do seu cadastro, vamos precisar que envie seus documentos por WhatsApp”.

Para evitar aglomerações, a Caixa informou que apenas quem já estava com o pagamento previsto pode comparecer às agências e solicitar o desbloqueio da conta. Caso o beneficiário ainda não se encaixe no calendário de pagamentos, é preciso aguardar para pedir a liberação do acesso. 

Fonte: Agencia Brasil