Coronavírus obriga Blumenau a cancelar maior Oktoberfest do Brasil

Maior evento cervejeiro do país, a Oktoberfest de Blumenau (SC) está oficialmente cancelada. A decisão foi anunciada na tarde desta segunda (27) por Mário Hildebrandt (Podemos), prefeito da cidade.

“Quando fizemos a prorrogação, em maio, trazia um cenário diferenciado”, lembra o prefeito, dizendo que cerca de 60 segmentos estão envolvidos na festa cervejeira, a principal do país. Atualmente, os Estados da região Sul são os que estão com as UTIs mais pressionadas pela Covid-19.

Em maio, o prefeito havia anunciado apenas o adiamento do evento, previsto inicialmente para ocorrer entre 7 e 25 de outubro e postergado para novembro (entre os dias 11 e 29).

Um mês antes, em abril, Munique já havia cancelado a maior Oktoberfest do mundo na Alemanha. No Brasil, no entanto, ainda acrediva-se em um contexto melhor no combate ao novo coronavírus.

Desde 1984, esse será o primeiro ano sem a Oktoberfest na Vila Germânica, considerada a maior do estilo no continente americano. Ano passado cerca de 576 mil pessoas passaram pelo evento cervejeiro.

No fim de junho, São Paulo também adiou sua Oktoberfest para o mês de novembro. Apesar do cancelamento de outros eventos grandes na cidade, como a F-1 e o Réveillon, nada foi dito sobre a festa cervejeira, que mantém o site com contagem regressiva para o dia 12 de novembro (faltam 107 dias). A festa de Ano-Novo de Blumenau também foi cancelada.

Fonte: Agencia Brasil