Mesmo interditada, Praia do Jardim de Alah amanhece coberta de lixo

Por um instante, parecia que tudo havia voltado ao normal. Nada de pandemia, isolamento social ou quarentena. Essa era a impressão de quem passava pela praia do Jardim de Alah nesta segunda-feira (27), que amanheceu com a faixa de areia coberta de lixo.

Garrafas plásticas, latinha de cerveja, sacos e copos plásticos e restos de alimentos mostravam que a farra foi boa no fim de semana. O problema, além do lixo descartado de forma incorreta, é que ainda não está permitido curtir um fim de semana com sol e mar. As praias de Salvador estão interditadas desde março, através de decreto municipal, com o objetivo combater o avanço do novo coronavírus. 

Diante do comportamento das pessoas, equipes da Limpurb tiveram que fazer um trabalho pesado na faixa de areia, recolhendo o lixo. 

A fiscalização das praias é de responsabilidade da Guarda Civil Municipal (GCM), que tem atuado mediante denúncia da população. A denúncia pode ser feita pelo site do Fala Salvador, do e-mail ou redes sociais da ouvidoria. Também é possível denunciar ligando para o telefone 156.

Fonte: Correio