Clima de nostalgia na inauguração do drive-in do Centro de Convenções

Era tanto tempo sem sair de casa com a família para se divertir que o administrador Ítalo Melo levou até a cadelinha Loly para a inauguração do drive-in do Centro de Convenções, ontem. “Demorou para chegar a Salvador, mas ficou ‘top’. E é um oportunidade de tirar as crianças de casa”, disse Ítalo, que estava com a esposa e os filhos.

A produtora de eventos Sonia Mota, 53, já não aguentava mais fazer crochê em casa e achou ótimo dar uma arejada: “Gostei muito porque é uma oportunidade de sair de casa. Além disso, me senti segura. Não iria a um cinema convencional, mesmo se já estivesse funcionando, porque não me sentiria segura lá”.

A inauguração do Big Bompreço Drive In Salvador começou com a apresentação do DJ Leo Mello. Em seguida, a banda Herbert & Richard animou a galera no carro com músicas que marcaram a trilha, principalmente de filmes antigos, como Ghostbusters (1984), Grease (1978), Meu Primeiro Amor (1991) e Uma Linda Mulher (1990). 

As pessoas são servidas no carro, depois de comprarem por app

Nostalgia
O clima de nostalgia logo tomou conta do lugar, a começar pelo nome da banda, uma brincadeira com o nome do mítico estúdio brasileiro Herbert Richers, que dublava quase tudo que se via na TV brasileira. Enquanto os músicos se apresentavam, imagens dos filmes eram projetadas. Nos carros, alguns até ensaiavam coreografias.

O apresentador da festa pediu que os motoristas fizessem um buzinaço, o que já virou tradição em alguns drive-ins. O público logo aderiu. “Se não tivesse zoada, não seria a Bahia”, disse o mestre de cerimônias.

Depois da música, foi a vez de começar o filme, precedido por um pequeno show de fogos de artifício. A escolha para a sessão inaugural, exclusiva para convidados, foi o documentário Axé – Canto do Povo de um Lugar, dirigido por Chico Kertész. O filme, lançado em 2017, traça uma história da axé-music, com depoimentos de artistas, empresário e outras personalidades ligadas ao ritmo baiano.

“Achei a escolha ótima, fiquei muito satisfeito. E o axé é a força da Bahia. O cinema então começa com uma grande força nessa terra marcada pelo sincretismo”, disse Chico.

Bruno Portela, 40, diretor de operações da Zum Brasil, empresa realizadora do drive-in, ressaltou que o espaço é uma arena multiuso: “Aqui terá standup comedy, peças, palestras, shows. E as pessoas não virão apenas para ver um filme, mas para ter uma experiência diferente, com filmes antigos e ter uma sensação nostálgica”.

Italo Melo levou até a cadelinha Loly

Entre as próximas atrações, estão uma peça com a atriz Heloísa Périssé e um show da Banda Eva, neste sábado. Hoje, serão exibidos os filmes Jurassic Park (1993) e 13 Horas: Os Soldados Secretos de Benghazi (2016). A organização pede que os frequentadores levem um quilo de alimento para doação aos trabalhadores que atuam na montagem de eventos, área especialmente atingida pela covid.

Big Bompreço Drive-In Salvador (Centro de Convenções, Boca do Rio). Ingresso para o cinema: R$ 90 (por carro, com limite de quatro pessoas). Assinante Clube CORREIO tem desconto de 40% sobre a inteira, ou seja, paga R$ 54 por carro. Ingressos à venda no sympla.com.br

Confira a programação da semana

Quinta-feira (30/07)

19h – Jurassic Park – Parque dos Dinossauros – Ficção/Ação
22h30 – Os Soldados Secretos de Benghazi – Guerra/Ação

Sexta-feira (31/07) 
15h – Kung Fu Panda III – Animação/infantil
19h – Missão Impossível-Efeito Fallout – Ação/Aventura
22h30 – Aliados – Guerra/Romance

Sábado (01/08)
15h
– Mamma Mia – Musical/Comédia
19h – Clube de Compras em Dallas

Domingo (02/08)
15h – Pica-Pau O Filme – Família/Animação
19h – Velozes e Furiosos 5- Operação Rio – Ação/Thriller
22h30  – O Chamado 3 – Terror/Thriller

Show: Sábado (01/08)
22h30 – Banda Eva

Fonte: Correio