Reunião virtual da Unirio tem xingamento e homem de cueca; veja o vídeo

Uma reunião virtual realizada por professores da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio) terminou em baixaria na noite dessa quarta-feira (29) e se transformou num prato cheio para as redes sociais, onde o episódio ganhou grande repercussão.

No vídeo, o conselheiro Leonardo Villela chama a pró-reitora Loreine Hermida de “filha da puta”. O xingamento ocorreu quando Loreine justificava dificuldades na semana anterior por estar se recuperando de uma cirurgia. “Pra isso a senhora tem suplente, porra, deixa de ser filha da puta”, disse o professor.

O episódio ocorreu durante uma videocoferência do Conselho Universitário (Consuni) e deixou os participantes estarrecidos, exigindo o encerramento do encontro por falta de decoro e lamentando a falta de educação do colega.

Villela ainda tentou se justificar e pedir desculpas, mas piorou a situação ao afirmar que não havia percebido que o microfone estava aberto. “Desculpe, professora, o microfone estava aberto, mas é o seguinte… Eu errei sim, peço desculpas a todos, foi uma consideração para lá de infeliz”, disse ainda.

 “Então você diz que o microfone estava aberto? Ou seja, poderia dizer? Eu já fui chamada de várias coisas aqui, como incompetente, mas não nesse nível”, comentou uma das professoras presentes na reunião.

“Não tem mais clima, chega. As pessoas finalmente estão mostrando quem realmente elas são. Que vergonha, uma comunidade acadêmica acabar de forma tão lamentável”, disse outra conselheira, antes do esvaziamento da sala virtual e suspensão da discussão. A Unirio segue com o calendário suspenso e sem previsão de retorno das atividades.

Se podia piorar, piorou

A reunião ganhou contornos ainda mais lamentáveis durante a discussão quando outro integrante apareceu trajando apenas uma cueca samba-canção. Ao ouvir a discussão, ele ficou parado em frente à câmera por alguns segundos trajando somente a roupa íntima.

A reportagem entrou em contato com a Unirio em busca da identificação do homem, além de pedir um posicionamento oficial sobre o ocorrido, mas até o momento não obteve retorno. O espaço segue aberto.

Quem é Leonardo Villela

O professor universitário Leonardo Villela foi escolhido com 72% dos votos para ser o reitor da Unirio, em abril de 2019. Porém, o professor não encabeçou a lista tríplice montada pelos Conselhos Superiores da universidade e não foi escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro para o cargo. Antes, desde o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o primeiro colocado na votação era indicado ao posto.

Fonte: Agencia Brasil