A falta que o perto faz

Fonte: Correio