Dizem que a moda é cíclica e que alguns hábitos que foram tendência no passado voltam a se repetir no futuro, mas podemos concordar que ninguém esperava que o cinema drive-in voltasse à moda em pleno 2020. Assistir filme de dentro do carro em um espaço público e com dezenas de outros veículos em volta parece a cena de uma película dos anos 1960, 70 ou 80, mas aconteceu nesta quinta-feira (30), em Salvador.

O primeiro dia do Big Drive-in aberto ao público atraiu casais de todas as idades e muitas famílias para o estacionamento do Centro de Convenções, na Boca do Rio, onde acontece o evento. Na quarta-feira (29) houve uma sessão especial apenas para convidados. O público desta quinta-feira foi mais diversificado. A técnica em química Jaqueline Andrade, 35, marcou presença com o filho Davi, 6, e a mãe Josy, 60 anos.

“Eu tinha visto que já estava acontecendo cinema drive-in em outras cidades, e estava esperando começar em Salvador. Soube ontem, e comprei logo os ingressos. Ele (filho) já viu esse filme várias vezes, ele adora, mas essa será uma experiência nova para todos nós”, contou.

Às 19h02, com uma pontualidade quase britânica, surgiram na tela as primeiras cenas de Jurassic Park – Parque dos Dinossauros. O primeiro da franquia. Sim, aquele de 1993, porque os filmes selecionados para o cinema drive-in são tão clássicos quanto esse tipo de evento, e cíclicos também, já que a último longa da franquia, o Jurassic Park- Reino Ameaçado, foi lançado há apenas dois anos.

Jaqueline e o pequeno Davi aguardam o início do filme (Foto: Nara Gentil/ CORREIO)

O diretor de operações da Zum Brazil, Bruno Portela, responsável pelo evento, contou que a programação foi pensada para mexer com as emoções do público.

“A nossa escolha foi pela memória afetiva das pessoas. A gente buscou filmes que são clássicos, filmes consagrados e com bilheterias estouradas para que as pessoas tivessem essa experiência com títulos que elas já conhecem. Já que a gente não pode colocar títulos inéditos no drive-in, a escolha teve que ser pelo coração para que a experiência seja completa. É mais do que assistir um filme”, contou.

Obra prima dos anos 1990, o filme de Steven Spielberg foi indicado a três estatuetas do Oscar e levou todas, entre outras premiações. Quem já assistiu sabe que uma das cenas mais marcantes é quando os irmãos Murphy quase são devorados pelo T-Rex. Tudo acontece quando Lex (Ariana Richards) e Tim (Joseph Mazzello) estão dentro de um carro, estacionado a noite, no meio do nada… Algumas pessoas pegaram a referência, e olharam para os lados só para garantir que estava tudo bem.

A segunda sessão estava marcada para começar às 22h30, com o filme 13 horas – Os Soldados Secretos de Benghazi, uma película de 2016, de Michael Bay. Baseado em fatos reais, a trama conta a história de seis soldados que precisaram proteger a base da CIA em Benghazi (Líbia) de um atentado terrorista, em 2012.

Mas se engana quem pensa que o cinema drive-in de Salvador tem apenas ação. A programação continua nesse fim de semana e tem animações como Kung Fu Panda III, o musical Mamma Mia, e o clássico de terror O Chamado 3. E aí, tem coragem?

Os ingressos custam R$ 90 por veículo, e são permitidas até quatro pessoas em cada carro. Quem for assinante do CORREIO tem desconto de 40%, ou seja, o valor cobrado será R$ 54. Eles podem ser comprados pelo Sympla. Pipoca, refrigerante e outros lanches são vendidos no local, e há também banheiro à disposição do público. O Big Drive-in Salvador vai durar dois meses e terá além de filmes, shows e apresentações teatrais.

Confira a programação completa desse fim de semana:

Sexta-feira (31/07)

15h – Kung Fu Panda III – Animação/infantil

19h – Missão Impossível-Efeito Fallout – Ação/Aventura

22h30 – Aliados – Guerra/Romance

Sábado (01/08)

15h – Mamma Mia – Musical/Comédia

19h – Clube de Compras em Dallas

Domingo (02/08)

15h – Pica-Pau O Filme – Família/Animação

19h – Velozes e Furiosos 5- Operação Rio – Ação/Thriller

22h30  – O Chamado 3 – Terror/Thriller

Show: Sábado (01/08)

22h30 – Banda Eva

Fonte: Correio