Após a morte de dois prefeitos, vereadora é eleita para mandato tampão no TO

A cidade de Araguanã, no norte do Tocantins, terá o quarto prefeito em menos de quatro anos. Neste domingo (2), a Câmara Municipal elegeu a vereadora Irene Rodrigues (PSD) para chefiar o Executivo até o dia 31 de dezembro, em um mandato tampão.

A eleição indireta aconteceu porque o prefeito eleito em 2016 renunciou ao cargo no ano seguinte, e outros dois que assumiram posteriormente morreram.

Fernando Luiz dos Santos (PSD) renunciou ao cargo em 2017 e o vice-prefeito Hernandes de Brito (DEM) assumiu a prefeitura. Porém, ele foi infectado pela Covid-19 e precisou se afastar do cargo em 10 de junho. Com o afastamento dele, o então presidente da Câmara de Vereadores, Cícero Cruz de Araújo (PDT), assumiu a cadeira de chefe do Executivo, mas morreu no dia 26 de junho após passar mal em um restaurante. A suspeita é que ele tenha tido um infarto.

Como Hernandes Brito estava internado, Irene Rodrigues, vice-presidente da Câmara, assumiu o Executivo interinamente.

Porém, no dia 11 de julho, Hernandes Brito também morreu após mais de um mês internado. Uma eleição indireta foi convocada para este domingo (2), e Irene foi escolhida pelos demais vereadores para ficar à frente da prefeitura até o fim do ano.

 

Fonte: Agencia Brasil