Jorge Portugal teve 5 paradas cardíacas a caminho do hospital: 'Morte súbita', diz filho

O professor e ex-secretário de Cultura da Bahia Jorge Portugal teve cinco paradas cardíacas a caminho do hospital, segundo contou o filho dele, o sociólogo Caetano Portugal. Jorge faleceu na noite de ontem, no Hospital Geral Roberto Santos, após sofrer uma falência cardíaca aguda.

“Muito rápido, foi uma morte súbita. Ele, por causa da insuficiência cardíaca, o sangue, os nutrientes não circularam pelo corpo. Isso acarretou uma falência do fígado, depois dos rins, ele ficou muito inchado, ele teve cinco paradas cardíacas no caminho de casa até o hospital, ainda chegou com vida, mas a fatalidade aconteceu”, contou Caetano.

Falando à TV Bahia, o filho de Jorge contou que o pai já tinha sofrido um AVC há dois anos e desde janeiro usava um marca-passo. “Desde então, vinha sofrendo insuficiência cardíaca. Esse é o motivo do falecimento dele”, diz. Caetano contou que sua mãe, Rita, esposa de Jorge, cuidou do marido como uma mãe.

“Minha mãe foi uma companheira pra além do casamento, ela foi uma parceira de trabalho e foi uma mãe também pra meu pai.  Elacuidava dele com muito carinho, nos mínimos detalhes”, afirmou, dizendo que a mãe está desolada e agradecendo as mensagens de solidariedade que a família tem recebido desde ontem.

Além de Caetano, Jorge deixa mais dois filhos, a atriz Bárbara Bela e o jornalista Thiago Dantas. O sepultamento do corpo de Jorge está marcado para às 16h, na cidade de Santo Amaro, no Recôncavo, onde ele nasceu.

Fonte: Correio