Roger não descarta usar time principal na final do Baianão

O momento do Bahia é de turbulência. O vice na Copa do Nordeste para o Ceará e as atuações ruins nos últimos jogos deixaram o torcedor tricolor na bronca.

Nos próximos dias, no entanto, o Esquadrão vai ter que superar a desconfiança para conquistar o tricampeonato do Campeonato Baiano. Para isso, o Bahia precisa vencer o Atlético de Alagoinhas, neste sábado (8), às 16h30, pelo jogo de volta da decisão do estadual. A primeira partida terminou empatada em 0x0.

Para o segundo jogo, o técnico Roger Machado pode mudar a estratégia e colocar em campo o time principal, que vinha disputando a Copa do Nordeste.

“Vamos ver. Hoje (ontem) eu consegui usar alguns jogadores que atuaram na final da Copa do Nordeste. Se eu optar por esse time que vem fazendo essa campanha [no Baiano] seria pelo mérito de ter vindo até esse momento da competição atuando bem. Se eu optar por um time mais descansado isso pode nos dar mais vantagem. De fato, vamos organizar ainda qual vai ser a dinâmica e estratégia para o sábado”, disse Roger.

Vale lembrar que o Bahia iniciou a temporada disputando o Campeonato Baiano com o time de aspirantes, sob o comando de Dado Cavalcanti mas a equipe foi encerrada durante a pandemia do novo coronavírus.

Após a retomada do futebol, o Esquadrão passou a disputar o Baianão com um time formado por uma mescla de jogadores reservas do principal e alguns remanescentes do Campeonato Baiano.

Fonte: Correio