Gripário de Bom Jesus dos Passos começa a funcionar 24 horas

Os moradores das ilhas de Maré, Bom Jesus dos Passos e Paramana passam a contar nesta sexta-feira (7) com o quinto gripário inaugurado pala prefeitura de Salvador, através da Secretaria Municipal da Saúde (SMS). O equipamento é destinado ao atendimento exclusivo das síndromes gripais (H1N1, covid-19 e outros vírus) e foi instalado na localidade da Ilha de Bom Jesus dos Passos.

Com investimento de cerca de R$ 4 milhões, o gripário terá cinco leitos, sendo quatro de observação e outro de UTI equipado com respirador e toda estrutura para estabilização de pacientes com quadro clínico mais grave. No total, 92 profissionais, entre 14 médicos plantonistas emergencistas, três enfermeiros, dois fisioterapeutas, 36 técnicos de enfermagem, sete técnicos de radiologia e quatro de laboratório atuarão 24 horas, durante sete dias da semana.

Serão garantidos aos pacientes os serviços de apoio diagnóstico e terapêutico com realização de exames de raios-x, laboratoriais e eletrocardiograma (ECG). Uma ambulancha do Samu 192 servirá de retaguarda para a transferência de pacientes que necessitarem de acolhimento hospitalar.

Outros equipamentos semelhantes já foram entregues pela gestão municipal e estão funcionando em anexo às UPAs dos Barris, Paripe, Pirajá/Santo Inácio e Valéria. Com a implantação dos seis gripários – uma nova unidade também será entregue ainda este mês no Pau Miúdo –, a rede de urgência soteropolitana passa de 355 para 424 leitos, um aumento de 21% da expansão assistencial de emergência em toda cidade.

Gripário de Valéria é inaugurado com 24 leitos nesta quinta-feira

Gripário de Valéria, em Salvador, foi inaugurado no dia 16 de julho (Foto: Divulgação Secom PMS)

Além do gripário, a SMS ampliou a equipe de profissionais que atuam nas unidades básicas localizadas nas ilhas, através da inclusão de médico ginecologista e pediatra, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, nutricionista e psicólogo, sendo que, nos feriados e finais de semana, das 19h desta sexta-feira até as 7hh de segunda, os serviços prestam atendimento aos casos que urgência que porventura ocorram na região das ilhas.

“Estamos atentos à circulação do vírus na região das ilhas e implementamos estratégias de assistência para assegurar que a população dessas localidades possa ser acolhida de maneira resoluta e com acesso facilitado. Todo o esforço da Prefeitura tem o intuito de garantir que todos os moradores da capital, das regiões mais centrais até as mais periféricas, tenham oportunidade de acesso qualificado à saúde e o resultado disso é que salvamos vidas por conta dessas ações”, destacou Leo Prates, titular da SMS.

Fonte: Correio