Apenas 3% do público-alvo tomou a vacina contra o sarampo em Salvador

A procura pela vacina que imuniza contra o sarampo está baixa em Salvador. A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) informou que apenas 3% dos jovens e adultos de 20 a 49 anos recebeu a dose da Campanha Nacional de Vacinação, ou seja, restam ainda 1,4 milhão de pessoas para serem vacinadas na capital baiana. Como a ação será encerrada no dia 31 de agosto, a baixa procura preocupa as autoridades sanitárias.

A SMS explicou que a campanha deste ano visa atingir a faixa etária com maior taxa de contágio da doença viral em 2019. A vacina, conhecida como tríplice viral, protege contra os vírus do sarampo, caxumba e rubéola. Em 2020 ela deve ser aplicada até mesmo em quem já completou o esquema das duas doses anteriormente, por conta da exposição desse público nos seus locais de trabalho e nas suas atividades do dia a dia.

As doses estão disponíveis, das 8h às 17h, em todas as 143 salas de vacinação nas unidades básicas da rede municipal. A imunização também é aplicada através do sistema drive-thru, das 8h às 14h, nos seguintes pontos: no 5º Centro de Saúde, nos Barris; na Faculdade Bahiana de Medicina, no Cabula; no Atacadão Atakarejo de Fazenda Coutos; e no Outlet Center, no Uruguai.

Uma estratégia adotada pela prefeitura para tentar aumentar o número de pessoas imunizadas é fazer ações em locais de grande circulação de pedestres, como estações de transbordo, estações de metrô e supermercados, onde a vacina é oferecida também de forma gratuita.

Gripe
Além da vacina tríplice viral, também está disponível nas unidades básicas da rede municipal e no sistema drive-thru a vacina que previne contra a gripe, a Influenza. A ação segue até o fim deste mês e, até o momento, imunizou 88,7% do público eletivo, com mais de 783 mil indivíduos vacinados.

Fonte: Correio