Entrevista de Trump é interrompida após tiros nos arredores da Casa Branca

Uma coletiva de imprensa com o presidente dos EUA, Donald Trump, foi interrompida nesta segunda-feira (10) após serem ouvidos barulhos de tiros em Washington. As informações são do G1.

Segundo o próprio presidente americanos, os disparos foram feitos do lado de fora da Casa Branca e uma pessoa ficou ferida, mas os agentes do Serviço Secreto rapidamente agiram e a situação foi controlada.

Trump falava com jornalistas sobre a situação do coronavírus quando um agente entrou na sala e falou ao seu ouvido. 

Em seguida, ele se retirou e a sala foi trancada, para segurança dos jornalistas, que não foram imediatamente informados do motivo.

Testemunhas viram agentes do Serviço Secreto correndo pelo jardim da Casa Branca com armas em mãos. Após alguns instantes, Trump retornou à sala e informou o que tinha acontecido.

Fonte: Correio