O Atlético-GO conseguiu o aval da CBF para escalar quatro jogadores que tiveram resultados positivos no teste de coronavírus na partida contra o Flamengo, nesta quarta-feira, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, no Estádio Olímpico. O clube alegou que os atletas já haviam sido contaminados anteriormente e não são mais transmissores da covid-19.

O secretário-geral da CBF, Walter Feldman, divulgou no início da noite desta terça-feira que quatro jogadores do Atlético-GO haviam tido testes positivos. O clube do Centro-Oeste fez uma contraprova visando ter o quarteto no confronto deste meio de semana.

De acordo com o Atlético-GO, não seriam casos ativos. Eles estariam na fase final da contaminação, com o vírus no organismo, mas sem o risco de infectar outras pessoas.

Enquanto o Flamengo fará o segundo jogo na competição nacional, após perder, no Maracanã, para o Atlético-MG (1 a 0), o Atlético-GO terá sua estreia no campeonato, pois o jogo com o Corinthians, previsto para o fim de semana, foi adiado por causa da equipe paulista ter disputado a final do Estadual.

Fonte: Correio