Pivetti valoriza ponto fora: 'Pode fazer a diferença na frente'

Na avaliação do técnico Bruno Pivetti, o Vitória poderia ter vencido o Figueirense na noite desta terça-feira (11), no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, em jogo válido pela segunda rodada da Série B do Brasileiro. Apesar de não ter comemorado o triunfo, o treinador valorizou o empate em 0x0 e o ponto conquistado pelo rubro-negro na primeira partida disputada fora de casa na competição.   

“Poderíamos até ter saído com a vitória no final do jogo. Nós viemos aqui buscando a vitória e infelizmente não foi possível, mas o empate nós sabemos que pode fazer a diferença lá na frente, ainda mais sendo fora de casa”, afirmou o treinador após o apito final. 

Pivetti admitiu que o Vitória teve dificuldades no começo do jogo, mas conseguiu organizar as ações no decorrer dele. “O Figueirense tem um bom nível de organização, jogadores renomados, com muita qualidade. Tivemos dificuldade de impor o nosso jogo no início, no primeiro tempo principalmente. A partir dali dos 25 ou 30 minutos, nós já conseguimos dominar o jogo, mas novamente faltou a contundência ofensiva”, pontuou.

“No segundo tempo, nós estávamos mais soltos, conseguimos criar algumas oportunidades e ficou provada a qualidade do nosso elenco, os valores que temos no banco, que entraram e acabaram elevando o nível da equipe”, acrescentou.

De Florianópolis, a delegação rubro-negra segue quarta-feira (12) direto para Campinas, onde enfrenta a Ponte Preta, na sexta-feira (14), às 20h30, no estádio Moisés Lucarelli. O Leão é o 5º colocado na tabela de classificação da Série B, com quatro pontos somados. Tem a mesma pontuação do vice-líder Operário e só não está no G4 por ter recebido mais cartões amarelos que o Cuiabá, quarto colocado.

Fonte: Correio