A pressão pelo retorno às aulas presenciais e os efeitos da pandemia na educação

A volta às aulas presenciais tem se tornado uma pauta recorrente na discussão sobre a pandemia no Brasil. Aqui em Minas Gerais, o governador Romeu Zema (Novo) garantiu que o retorno na rede estadual acontece ainda no segundo semestre de 2020.

Já o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), é contra o ensino remoto, por conta da disparidade entre ricos e pobres, e já avisou que as aulas presenciais, nas redes pública ou privada no município, só voltarão mesmo quando houver uma vacina contra a Covid-19.

Essa discussão está inserida em outra mais ampla, sobre os efeitos da pandemia na educação no Brasil e os possíveis caminhos para a solução dos problemas. Neste episódio, o professor da Faculdade de Educação da UFMG Luciano Mendes, que também é coordenador do projeto Pensar a Educação, Pensar o Brasil, dá um panorama desse debate.

Ouça onde preferir: RSS Feed, Spotify, Google Podcasts, Apple Podcasts, Deezer, SoundCloud.

Confira também outros episódios do podcast Tempo Hábil aqui.

Fonte: Agencia Brasil