Com gol nos minutos finais, Vitória empata com a Ponte Preta e dorme no G4: 3×3

O Vitória segue invicto na Série B do Campeonato Brasileiro. Em jogo dinâmico, o rubro-negro mostrou força fora de casa na noite desta sexta-feira (14) e empatou com a Ponte Preta em 3×3, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP). Com boas doses de emoção, o resultado foi garantido pelo Leão aos 44 minutos do 2º tempo e, de quebra, mantém um tabu: a equipe baiana nunca perdeu para a paulista no torneio de acesso. 

Com o empate, o Vitória chegou a cinco pontos e vai dormir no G4, em 4º lugar. A posição, no entanto, pode mudar, já que a terceira rodada tem jogos até domingo (16).

QUEM CHAMOU A ATENÇÃO?

Titulares pela primeira vez nesta Série B, Mateusinho e Léo Ceará não apenas deram outra dinâmica ao setor ofensivo rubro-negro como também foram efetivos.

Ex-jogador do Guarani, Mateusinho marcou o primeiro gol dele com a camisa do Vitória diante do antigo rival e ainda deu uma assistência para Léo Ceará.

O centroavante, por sua vez, fez uma boa apresentação, anotou o quarto tento na temporada e aproveitou para homenagear a esposa e o bebê que o casal está esperando. Na comemoração, teve bola embaixo da camisa e beijinho na aliança.

PRIMEIRO TEMPO DINÂMICO

O Vitória botou pressão desde o começo do jogo. Logo aos três minutos, Léo Ceará tabelou com Fernando Neto e deu o recado para o goleiro Ivan, que fez a defesa. A comemoração da torcida rubro-negra viria na segunda tentativa. Com espaço, Thiago Carleto cruzou da esquerda, a defesa da Ponte falhou e Mateusinho escorou de cabeça. Primeiro, o goleiro Ivan defendeu, mas deu rebote. Mateusinho não desperdiçou e, aos sete minutos, festejou o primeiro gol dele com a camisa do Vitória: 1×0.  

A Ponte Preta tentou reagir com Camilo. Em cobrança de falta, a bola passou perto. Depois do gol sofrido, os donos da casa passaram a dominar as ações e ensaiaram empatar a partida quando Ernandes cruzou, Camilo fez o corta-luz e Zé Roberto finalizou. Caprichosamente, a bola bateu na trave e foi para fora. 

O gol da Macaca sairia no lance seguinte, aos 28 minutos, após jogada bem trabalhada que Osman levantou, Camilo ajeitou de peito para Zé Roberto e ele serviu Neto Moura, que assinou o empate.

O primeiro gol sofrido pelo Vitória nesta edição da Série B foi lamentado após o time dar muito espaço ao adversário. E voltaria a cometer o mesmo erro aos 33 minutos, quando João Paulo disparou do meio-campo, enfileirou Jonathan Bocão e Gabriel Furtado e virou o jogo para os donos da casa.

A partida era lá e cá. Aos 36 minutos, Mateusinho aproveitou saída errada do zagueiro Rayan, da Ponte Preta, e deixou Léo Ceará de cara para o gol. Na primeira partida dele como titular após a retomada dos campeonatos, o centroavante botou no cantinho e tratou de estufar a rede: 2×2.

O Vitória ainda teve duas oportunidades de ficar à frente no marcador outra vez. Mateusinho chutou forte e carimbou a trave rival. Depois, João Victor cabeceou com perigo, porém para fora. 

EMOÇÃO TAMBÉM SEGUNDO TEMPO 

Assim como na etapa inicial, o Vitória tomou a iniciativa no segundo tempo e assustou Ivan logo aos quatro minutos, quando Mateusinho tocou e Léo Ceará bateu para o gol. Melhor para o goleiro adversário, que fez a defesa. Depois, a Ponte Preta controlou as ações e foi mais vezes ao ataque, apesar de não apresentar tanto perigo. A Macaca só foi criar uma boa oportunidade aos 26 minutos, com Zé Roberto, ex-Bahia. A bola passou perto da trave.

O terceiro gol da Ponte estava reservado a um outro jogador revelado nas categorias de base do Bahia. Aos 34 minutos, Apodi cruzou, Moisés cabeceou para a meta, Ronaldo espalmou e, no rebote, Matheus Peixoto aproveitou a sobra e fez 3×2.

Tinha tempo para mais. Sem se abater, o Vitória foi buscar o empate outra vez e, aos 44 minutos, garantiu a manutenção da invencibilidade na Série B. Guilherme Rend serviu Rafael Carioca, que havia entrado no segundo tempo, e o lateral arriscou de longe. Ivan até tocou na bola, mas não o suficiente para evitar o gol. Números finais ao confronto: 3×3. 

PRÓXIMO JOGO

Depois de disputar dois jogos fora de Salvador, o Vitória volta a atuar no Barradão na quarta rodada. O time entra em campo na quarta-feira (19), quando recebe o Náutico, às 21h30.

FICHA TÉCNICA

Ponte Preta 3×3 Vitória – 3ª rodada da Série B

Ponte Preta: Ivan, Apodi, Wellington Carvalho, Rayan (Luizão) e Ernandes; Luís Oyama, Neto Moura, João Paulo e Camilo (Moisés); Zé Roberto e Osman (Matheus Peixoto). Técnico: João Brigatti.

Vitória: Ronaldo, Jonathan Bocão, João Victor, Gabriel Furtado (Jordy Caicedo) e Thiago Carleto; Guilherme Rend, Fernando Neto e Rodrigo Andrade (Jean); Mateusinho (Rafael Carioca), Léo Ceará (Marcelinho) e Eduardo (Felipe Garcia). Técnico: Bruno Pivetti.

Estádio: Moisés Lucarelli, em Campinas

Gols: Mateusinho, aos sete minutos, Neto Moura, aos 28, João Paulo, aos 33, e Léo Ceará, aos 36 do 1º tempo; Matheus Peixoto, aos 34 minutos, e Rafael Carioca, aos 44, do 2º tempo.

Cartão amarelo: Wellington Carvalho (Ponte Preta); Jonathan Bocão, Thiago Carleto e Guilherme Rend (Vitória).

Arbitragem: Daniel Nobre Bins, auxiliado por Leirson Peng Martins e Mateus Olivério Rocha (trio do Rio Grande do Sul).

Fonte: Correio