Na primeira sexta-feira após reabertura, nove bares e restaurantes são interditados em Salvador

A noite da última sexta-feira (14), a primeira após o início da fase de abertura de bares e restaurantes em Salvador teve nove estabalecimentos interditados. De acordo com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), os bares e restaurantes foram interditados por funcionar depois das 23h, o que é proibido, de acordo com o protocolo setorial.

A abertura de bares e restaurantes começou na segunda-feira, junto à segunda fase de reabertura da economia em Salvador. Na sexta-feira, força-tarefa da Prefeitura, contou com om apoio da Polícia Militar da Bahia (PM-BA). 

Entre os estabelecimentos que estavam funcionando de forma irregular estão o DOQ, no Itaigara; o Boulevard e o Espetinho do Guga, na Barra; e o Bar da Torre, na Ribeira; além de cinco estabelecimentos no Imbuí. 

“A Prefeitura estabeleceu critérios para que a retomada acontecesse de forma segura para todos e não vamos permitir essas irregularidades. Os estabelecimentos que descumprirem as medidas serão interditados por tempo indeterminado. Não vamos tolerar desobediência ao protocolo”, afirma o titular da Sedur, Sérgio Guanabara.

Na noite desta sexta-feira, a fiscalização passou por bairros como Fazenda Grande do Retiro, Santa Mônica, IAPI, Lapinha, Liberdade, Curuzu, Lobato, Plataforma, Periperi e Paripe. Nessas localidades, os estabelecimentos estavam cumprindo com os protocolos. 

Já na região do Itaigara, Barra e Imbuí, a força-tarefa identificou algumas irregularidades. Ao todo, foram realizadas 888 vistorias, nove interdições e uma dispersão de aglomeração.

Fonte: Correio