Ernando se emociona e dedica gol decisivo a primos com covid-19

Ernando tem sido um dos destaques do Bahia neste princípio de Série A. Neste domingo (16), o zagueiro foi titular pela segunda partida seguida, e ainda vestiu a braçadeira de capitão. Diante do Red Bull Bragantino, foi decisivo: marcou o gol da vitória por 2×1 aos 47 minutos do 2º tempo.

Na entrevista após a partida, Ernando se emocionou. Ele dedicou o gol tão importante para o tricolor e para si a dois primos que estão se recuperando de covid-19, um deles em estado mais complicado, mas ambos na UTI.

“A emoção é ainda maior porque a gente tá passando por um momento tão difícil. Temos pessoas sofrendo lá fora com esse vírus. Pedi a Deus que me honrasse hoje com esse gol, porque tenho dois primos que estão na UTI, um em estado grave. E eu queria fazer essa homenagem a eles”, disse.

“Adauto, você vai sair dessa, meu primo. Deus vai te honrar. Vou estar daqui orando por você. Pelo Murilo também, meu outro primo”, disse Ernando, já bastante emocionado.

O defensor ganhou a vaga de Lucas Fonseca na última partida, quando o Bahia venceu o Coritiba por 1×0 na quarta-feira (12), também em Pituaçu. A opção foi do técnico Roger Machado, que surpreendeu a todos, já que Lucas vinha como titular desde o ano passado.

Ernando falou sobre como é jogar num momento como esse, com familiares seus em estado grave: “A gente tenta fazer dentro de campo o nosso papel, mas não pode deixar de se solidarizar com todos esses acontecimentos no mundo”, disse.

“Ficam aqui os meus sentimentos a todos os familiares de mais de 100 mil pessoas que já morreram no Brasil por conta da covid-19. Peço que Deus projeta a cada um de nós e que possamos ter esperança de dias melhores”, completou o zagueiro.

Com moral

Os gols contra o Bragantino foram marcados pela dupla titular da zaga. O primeiro foi de Juninho, ainda na etapa inicial. Segundo Ernando, isso ajudará na evolução da nova parceria.

“O gol dá moral para dar continuidade ao trabalho. A gente tem se adaptado bem. Aos poucos vamos melhorando a marcação, o entrosamento. Acho que o gol dele e o meu nos dá moral, porque a gente precisava voltar a fazer gols de bola parada. E hoje tá provado que isso é decisivo”, disse.

Ernando está voltando à equipe titular após mais de um ano afastado. Ele sofreu uma lesão de hérnia de disco em junho de 2019. Recuperou-se em outubro e voltou a ser relacionado, mas não entrou em campo. O mesmo ocorreu no início da temporada 2020, quando ficou no banco nos jogos que antecederam a pausa por conta da pandemia.

Com o retorno das atividades em julho, Ernando atuou na equipe alternativa que disputou os jogos do Baianão e ganhou condicionamento. “Foram meses complicados. Não é normal fazer cirurgia na coluna. Normal de jogador é ter lesão no joelho, no tornozelo, ou questões musculares. Mas eu vinha sofrendo com muitas dores na região lombar e descobri a hérnia”, lembra.

“Fizemos essa cirurgia, fui motivado pelo departamento médico do Bahia, ao qual sou muito grato a todos. E agora estou de volta, apto a jogar com preparação física e força necessária. Agora é dar sequência ao trabalho num campeonato tão difícil como a Série A”, completou.

Fonte: Correio