Obras na Joana Angélica mudam trânsito e transporte na região; confira

A Avneida Joana Angélica passará por obras de requalificação e terá o trânsito modificado no local a partir do sábado (22). A via passará a ser de mão única, de maneira definitiva, entre a sede da OAB-BA até o Campo da Pólvora. Nesse trecho, o fluxo será possível somente no sentido Nazaré.

Durantee as obras, os condutores que fariam o percurso para a Praça da Piedade oriundos de Nazaré devem seguir pela Rua do Carro, ao lado do Fórum Ruy Barbosa, e descer a Rua Professor Hugo Baltazar da Silveira para acessar o Dique do Tororó, seguir para o Vale dos Barris e subir para a Rua Direita da Piedade.

Já os motoristas que tiverem como destino o Tororó devem entrar na Rua Junqueira Freire, que é transversal à Rua do Tinguí, passar pela Praça Duque de Caxias e subir a Ladeira da Mouraria. Na Joana Angélica novamente, eles podem chegar ao Tororó através das ruas Francisco Ferraro ou José Duarte.

“Essa mudança vem numa ocasião em que estamos buscando readaptar as vias neste momento de pandemia e também para a pós-pandemia, ampliando o espaço para circulação de pedestres e buscando evitar que se formem as aglomerações. Além disso, a Avenida Joana Angélica tem bastante movimento, tanto de veículos quanto pedestres, que resultam em grandes problemas de mobilidade”, explica o superintentente da Transalvador, Fabrizzio Müller.

Trasnporte
Com as obras, a partir de sábado os ônibus que circulam pela aniveda no sentido Praça da Piedade terão itinerários modificados. 

Os veículos passarão a acessar a Rua Tingui, Largo do Campo da Pólvora, Rua Professor Hugo Balthazar da Silveira, Boulevard América, Rua José Leonildo de Sena, Avenida Vasco da Gama (Dique do Tororó), Vale do Tororó, Vale dos Barris, Rua Clóvis Espínola, Rua Direita da Piedade, Rua Portão da Piedade, retorno em frente à sede da OAB-BA e Rua Direita da Piedade, seguindo então o itinerário normal .

Com a mudança no sentido da via, o ponto de ônibus localizado em frente ao Instituto de Previdência de Salvador (IPS) será desativado e os usuários do transporte poderão utilizar os veículos no ponto na Praça da Piedade, ou pegar uma linha em direção ao Campo da Pólvora e integrar com as que descem o Jardim Baiano. No sentido Fonte Nova, não haverá alteração no trânsito e, dessa forma, os ônibus seguem o itinerário normal.

Obras
A intenção das obras na região é modernizar e adequar os fluxos de pedestres e veículos. As intervenções também afetarão o ordenamento de ambulantes, que ganharão novos espaços, e a circulação de pessoas.

Dentre as mudanças está o alargamento da calçada, que passará a ter cerca de três metros de largura. Essa ampliação deverá estimular o distanciamento social, fazendo com que o pedestre tenha mais espaço e, consequente, diminuindo as aglomerações. A previsão é de que as obras durem cerca de 70 dias.

Fonte: Correio