Em momentos opostos, Bahia revê Ceará após final da Copa do Nordeste

A rivalidade entre baianos e cearenses vai ganhar mais um capítulo. Menos de três semanas após a final da Copa do Nordeste, Bahia e Ceará voltam a se encontrar neste domingo (23), agora pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O palco da vez será o estádio Castelão, em Fortaleza. A partir das 20h, a bola rola para o quarto confronto entre as equipes em 2020, e o Bahia chega engasgado ao duelo.

O tricolor ainda não venceu o Ceará nos três jogos que fez contra o rival na temporada. Na fase de grupos do Nordestão, os times empataram por 2×2 no mesmo Castelão. Já na final do torneio, os cearenses venceram por 3×1 e 1×0, ambas no estádio de Pituaçu, e ficaram com a taça.

Como o futebol é dinâmico, os 19 dias que separaram Bahia e Ceará desde o último encontro, no dia 4, até o próximo foram suficientes para fazer a realidade mudar completamente. Agora, é o Bahia quem está por cima.

O tricolor começou bem o Brasileirão. O time de Roger Machado somou sete pontos em três jogos e, mesmo com uma partida a menos, inicia a quinta rodada do Campeonato Brasileiro em 4º lugar. A situação poderia ser ainda melhor, já que o Esquadrão vencia o São Paulo até os 39 minutos segundo tempo, quando levou o empate na quinta-feira.

Mesmo assim, a equipe segue invicta e em busca do terceiro triunfo na Série A, o primeiro fora de casa, para se manter na briga pelo topo da tabela.

Se somar pontos no Castelão, o Bahia vai conseguir uma marca que não acontece há 34 anos. Desde 1986 o Esquadrão não sabe o que é se manter invicto nos quatro primeiros jogos do Brasileirão. Naquela temporada, venceu todas as sete primeiras partidas que fez na competição.

Do outro lado, o clima é bem diferente. A euforia pela conquista da Copa do Nordeste se transformou em decepção pela campanha na Série A. O Ceará perdeu três dos seus quatro confrontos no Brasileirão e somou apenas um ponto. Na rodada passada, o alvinegro foi derrotado em casa pelo Vasco por 3×0.

Com o desempenho ruim, aumentaram também as críticas ao trabalho de Guto Ferreira. Logo após o revés para o Vasco, o treinador pediu desculpas aos torcedores. O Ceará inicia esta rodada como vice-lanterna do Brasileirão, à frente apenas do Coritiba, que ainda não pontuou e já trocou o técnico Eduardo Barroca por Jorginho.

Vai mudar
Roger teve pouco tempo para preparar a equipe do Bahia que entra em campo diante do Ceará, mas o treinador vai ser forçado a fazer pelo menos uma mudança. O goleiro Douglas se machucou durante a partida contra o São Paulo e foi vetado pelo departamento médico. Anderson será o titular da meta.

O time pode ter mudanças também nas laterais. Poupados na rodada anterior por causa da maratona de jogos que o Esquadrão vem enfrentando, Nino Paraíba e Juninho Capixaba podem voltar nos lugares de João Pedro e Zeca. A escalação final só vai ser divulgada minutos antes do início da partida.

No Ceará, Guto tem dois desfalques certos. O volante Charles machucou a coxa e está fora do jogo. Já o zagueiro Tiago pertence ao Bahia e só pode jogar mediante pagamento de multa. Também lesionados, o zagueiro Klaus e o atacante Rodrigão são dúvidas para o confronto.

Quem pode reforçar o time é o meia Vinícius, recuperado de lesão e que atuou no segundo tempo contra o Vasco. Além dele, Felipe Baxola está liberado e também é opção.

Prováveis escalações: 

Ceará: Fernando Prass, Samuel Xavier, Gabriel Lacerda, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Fabinho, Ricardinho, Fernando Sobral, Vinícius e Matheus Gonçalves; Cléber.

Bahia: Anderson, Nino Paraíba, Ernando, Juninho e Juninho Capixaba; Gregore, Ronaldo e Rodriguinho; Élber, Gilberto e Rossi.

Fonte: Correio