'Se for para perder ponto, que sejam só dois', afirma Marcelinho

O Vitória buscou, nos acréscimos, um empate com o CRB na noite deste sábado (22), fora de casa, no Rei Pelé, em Maceió. Após chegar aos 45 minutos do segundo tempo atrás no marcador por 2×0, o Leão contou com Vico e Marcelinho, que tinham saído do banco, para arrancar o 2×2. O camisa 22 comentou o resultado e disse que refletiu no que foi a partida.

“Jogo bem disputado. Eles abriram dois gols, mas a luta, a guerra, sempre vai existir. O Vitória acabou empatando. Não vejo muita criação das duas equipes, então acredito que foi justo o placar”, comentou Marcelinho.

Foi o quarto empate do Leão seguido. Depois de ganhar do Sampaio Corrêa, na primeira rodada, por 1×0, no Barradão, o rubro-negro ficou no 0x0 com Figueirense, 3×3 com a Ponte Preta e 0x0 com o Náutico. Com a Macaca, aliás, o Vitória também conseguiu igualar no fim – naquele duelo, foi aos 44 do segundo tempo, com Rafael Carioca. 

“Contra a Ponte, a gente empatou, mas teve a chance de virar. Hoje, aqui, a gente empatou já no apagar das luzes. É uma competição difícil. A gente não quer perder ponto, mas, se for para perder, que perca só dois. Agora, a gente tem que fazer nosso dever de casa, brigar lá em cima, porque o Vitória merece isso”, afirmou o camisa 22.

Pela próxima rodada, o Vitória recebe o Paraná no Barradão, sábado (29), às 16h30. Antes, o Leão tem compromisso pela terceira fase da Copa do Brasil, na quarta-feira (26), contra o Ceará, às 21h30, também em casa – o primeiro jogo terminou em 1×0 para o Vovô. 

Fonte: Correio