Número de empresas de serviço cresceu 2,8% na Bahia de 2017 para 2018

Entre 2017 e 2018, o setor empresarial de serviçou cresceu 2,8% na Bahia, segundo dados do IBGE divulgados nesta quinta-feira (27). O estado ganhou, em um ano, 1.383 empresas de serviços, chegando a 50.256 em 2018.

O aumento foi registrado depois que o setor encolheu 4,3% entre 2016 e 2017, aponta o instituto. 

Em todo o Brasil, o crescimento na área no período foi de 1,3%, com 17 mil novas empresas. Dezessete dos 27 estados viram o número de empresas de serviços crescer neste mesmo intervalo. A Bahia teve o 12º maior crescimento percentual.

Mesmo com o crescimento, o setor empresarial de serviços na Bahia ainda estava 1,6% menor do que em 2016, quando chegou ao seu maior tamanho (51,069 empresas).

Serviços à família
O crescimento do setor na Bahia foi impulsionado pelas empresas que prestam serviços à família, que registraram alta de 7,3%.

Nesse grupo, as empresas de alojamento e alimentação foram as que mais aumentaram no estado, de 10.465 para 11.665, entre 2017 e 2018 (1.190 novas empresas em um ano), em um crescimento de 11,4% no período. 

Destaque, o segmento de serviços prestados às famílias se manteve como o maior do estado em número de empresas, representando pouco mais de 1 em cada 3 do setor (34,4%). 

O segmento de serviços profissionais, administrativos e complementares é o segundo em número de empresas na Bahia, com 16.162 empresas (32,1% do total). É também o que mais emprega pessoas no estado e foi o que mais contratou entre 2017 e 2018, com 15.283 novas pessoas ocupadas no período (+7,0%), chegando a 232.645 (43,6% do total de trabalhadores).

Empregos
O levantamento mostra que com o saldo positivo, a Bahia teve o primeiro crescimento no total de pessoas trabalhando no setor depois de três anos de queda.

Em 2018, 533.894 pessoas estavam trabalhando em empresas de serviços baianas, 2% a mais do que em 2017 – isso representa mais 10.529 empregados no setor.

Fonte: Correio