Taxistas relatam alta exposição à covid-19 e falta de passageiros

Para trabalharem, os taxistas precisam ir às ruas se expor diariamente ao risco de contraírem a covid-19. A doença já matou 33 motoristas em Salvador, que tem um grupo de 7,2 mil profissionais.

O problema é que esse risco gigantesco não tem valido a pena. Taxistas ouvidos pelo CORREIO relatam um cenário de penúria, com duas viagens por dia, mesmo num cenário de retomada das atividades econômicas.

Escolha o seu aplicativo favorito para ouvir o nosso podcast:

Para ouvir no Deezer, clique aqui.
Para ouvir no Spotify, clique aqui.
Para ouvir no Apple Podcasts, clique aqui.
Para ouvir no Google Podcasts, clique aqui

Nesse podcast – o segundo de uma série especial com os taxistas -, conversamos com motoristas que estão com dificuldades financeiras e perda de passageiros. Outros, estão em casa desde março com medo da covid-19.

Para sobreviverem, muitos fizeram transporte intermunicipal e contaram com a ajuda da Associação Geral de Taxistas na distribuição de cestas básicas. O que os taxistas esperam para o futuro?

Você também pode ouvir no player abaixo ou fazendo o download:

QUE PODCAST É ESSE? O que a Bahia Quer Saber é uma produção diária do CORREIO. Nele, trazemos sempre programas temáticos, debatendo algum conteúdo extremamente local – ou seja, um assunto que interessa direamente à vida de quem mora em Salvador e na Bahia.

MAS O QUE É PODCAST? É um programa de áudio igualzinho a um de rádio, mas que você pode ouvir quando, onde e como quiser – pulando, pausando ou adiantando os trechos, se preferir. Basta ter um aplicativo de músicas (como Spotify), um aplicativo para podcasts (do Google ou da Apple) ou simplesmente dar o play na janela acima.

>> Clique aqui para ver episódios anteriores do O Que a Bahia Quer Saber

Fonte: Correio