Novo Centro de Canoagem é inaugurado em Ubaitaba

A cidade Ubaitaba, que fica no sul da Bahia, a cerca de 380km de distância de Salvador, é conhecida como a cidade das canoas, e é berço de atletas importantes da canoagem brasileira, como o medalhista olímpico Isaquias Queiroz e Erlon Souza. Agora o município poderá investir na formação de novos atletas no novo Centro de Treinamento de Canoagem, que foi inaugurado em Ubaitaba. 

Isaquias acredita que, com a obra, “muitos jovens de hoje vão ter oportunidade de alcançar o ponto mais alto do pódio”, comenta. O espaço atenderá atletas de 8 a 18 anos de idade de toda região, e conta com uma estrutura avançada. com garagens para os barcos e sala de musculação. Além disso, o Centro tem refeitório, copa, despensa, área de serviço, sala da administração, sala de professores, sala de aula e um deck flutuante. 

O padrão desse centro é o mesmo que foi adotado na construção de um espaço semelhante em Itacaré, em 2018. As duas obras foram realizadas pelo Governo do Estado, que dessa vez investiu R$1,5 milhão na construção do espaço. O governador Rui Costa comentou que a realização desse projeto foi uma promessa que fez ao medalhista, Isaquias, após a conquista da medalha.  “Dialogando com os atletas e associações de canoagem a gente chegou ao melhor formato pra projetar e entregar três centros de canoagem no Estado”, afirmou Rui. Este terceiro Centro está em fase de construção na cidade Ubatã. 

Espaço foi entregue pelo governador Rui Costa nesta sexta-feira (28) (Foto: Carol Garcia / GOVBA)

Isaquias também comentou sobre o papo que teve com o governante, que deu origem ao projeto entregue nesta sexta-feira (28). “Eu saí cedo da Bahia pra me dedicar ao meu sonho no esporte, e o fato de eu ter conquistado a medalha chamou atenção e eu agradeço ao Governo do Estado por estar olhando para os atletas de canoagem que agora têm essa estrutura, porque aqui desse rio saíram muitos atletas de destaque no Brasil”, disse.

Para Vicente Neto, que assume a função de diretor geral da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), o Centro será de extrema importância para a formação desses atletas e que configura como “um dos melhores centros do Brasil, integrado com natureza e às margens do Rio de Contas”, afirmou. 

A previsão é que, no período pós-pandemia, as atividades sejam retomadas e gerenciadas pela Associação Cacaueira de Canoagem, também no sul do estado, para que garanta o funcionamento desses núcleos pelo futuros atletas. 
 

Fonte: Correio