Justiça penhora contas de pastor Valdemiro Santiago e da Igreja Mundial

As contas bancárias do apóstolo Valdemiro Santiago e da Igreja Mundial do Poder de Deus, da qual é fundador, foram penhoradas pela Justiça de São Paulo. Ao todo, foram penhorados R$ 246,6 mil de contas tanto do pastor quanto do tempo. 

A decisão foi tomada pela juíza Valéria Longobardi, da 29ª Vara Cível de São Paulo, em função de um não pagamento do aluguel de uma de suas igrejas, localizada na capital paulista. As informações são do colunista da “Folha de S. Paulo” Rogério Gentile.

Advogados da igreja disseram que, com a pandemia e consequente fechamento das igrejas, houve queda substancial de arrecadação do dízimo pago pelos fiéis. Por causa disso, a igreja não conseguiu honrar com os seus compromissos.

Entretanto, a cobrança é de aluguéis não pagaos entre 2018 e 2019, período fora do alegado pela Defesa.

À Justiça, Santiago disse que não pode ser responsabilizado pela dívida, uma vez que não tem relação jurídica com a Igreja Mundial. Alegou também que não assinou contrato de locação, assim como seu nome não integra o estatuto da igreja. 

Em agosto, o apóstolo foi denunciado ao Ministério Público porque estaria comercializando feijões com a falsa promessa de que estes curariam a Covid-19.

Fonte: Agencia Brasil