Um vestido preto se reinventa em três versões fashion e criativas

Essa pandemia nos estimulou a olhar atentamente para o nosso guarda-roupa. Passar um tempo maior em casa significa mais criatividade e menos consumo. Se esse princípio rege a moda atual, não é de se estranhar que as pessoas estão ressignificando não apenas as roupas, mas também as formas de uso.  A ideia é pensar peças como multiplicadores. Quanto mais você consegue usá-las de maneiras diversas, mais sentido faz tê-las no seu acervo. Esse exercício inventivo é o tema deste editorial de moda. Colocamos para jogo, o bom e velho vestido preto. Afinal, é um curinga que todo mundo tem no armário. Básico, ele se transforma nas três versões apresentadas. Inclusive, em uma delas, quase sai de cena, e esse jogo ilusório reforça o seu poder de transformação. Muito spoiler? Então presta atenção em cada uma das imagens e tira já o mofo do seu.

Vestido como vestido
Como atualizar o seu pretinho básico? Coloca uma camiseta justa (para não fazer muito volume), por baixo. Essa pode ter estampa ou brilho, já que a peça principal é neutra e perfeita para muitas composições. Escolhemos um modelito metalizado e investimos em acessórios de destaques, como bolsa a tiracolo e brinco de efeito e botinha robusta.  

Quando o vestido desaparece
Quem vai dizer que nesta foto temos um vestido? Porém, ele está aí, servindo como base para esta produção. Uma saia longa foi sobreposta, o que transformou o vestido em apenas um top. Mas esse também ganhou a sobreposição de um mais curtinho e transparente, todo de renda. Para dar toque fashion, acessórios como brincos e pochete. No pés: a mesma bota. 

Vestido como saia
Hora de transformar o modelito em uma saia curta. Para isso, foi necessário cobrir a parte de cima da peça, o que fizemos utilizando uma camisa tipo masculina.  Para dar o toque de stylist, sobreposição de colares e um cinto, que propositadamente colocamos por cima de um cinto bafônico.   

Ficha técnica

Fotos: Pedro Salles (@_pedro_salles),  produção de moda: Paula Magalhães (@paulamagalhaes1) e Leo Amaral (@leo_amaral), maquiagem: Kal Nascimento (@kalnascimentostudio), modelo: Aline Di Credico (@dicredicoaline). Peças de roupas: acervo do Brechó da Betty (@brechodabetty). Agradecimento: a Pós Escrito (@pos_escrito)

Fonte: Correio