Pelo menos 107 municípios de SP pretendem abrir escolas em setembro, diz governo

Pelo menos 107 municípios paulistas já indicaram adesão ao plano de retomada das atividades presenciais nas escolas em setembro, de acordo com a Secretaria de Estado da Educação. O balanço abrange tanto municípios que decidiram pelo retorno de escolas públicas e privadas como aqueles que optaram pela retomada de atividades apenas em parte das escolas neste mês. A lista desses municípios não havia sido divulgada pela pasta até as 14h30 desta terça-feira (1º).

As escolas no Estado de São Paulo estão fechadas desde março para conter a disseminação do coronavírus. O governo estadual deu aval para que municípios há 28 dias na fase amarela do plano de reabertura econômica reabram colégios públicos e particulares em setembro para atividades de reforço escolar.

Na prática, a decisão sobre abrir ou não em setembro ficou nas mãos das prefeituras, que vêm sofrendo pressão tanto das unidades privadas, que pedem a reabertura, quanto de professores, que veem riscos de aumento na contaminação.

Nesta terça-feira, 1º, o governo estadual publicou resolução em que detalha como será o retorno das atividades em setembro para reforço escolar. A diretriz é priorizar os 1º, 2º, 5º e 9º anos do ensino fundamental e o 3º do médio, etapas consideradas decisivas no processo de aprendizagem. O retorno das atividades curriculares no Estado está previsto para outubro.

Nos últimos dias, municípios que se enquadram na fase amarela do plano de reabertura publicaram decretos em que liberam parte das escolas a retomarem as atividades em setembro. Algumas redes, como Sorocaba e Cotia, permitirão a abertura apenas de colégios da rede privada e estadual.

“Temos vários cenários: município que autorizou a rede municipal. Tem os que só autorizaram a rede estadual e privada. Lembrando que só vai voltar nos lugares em que o município está há mais de 28 dias na fase amarela”, diz o subsecretário de Articulação da Secretaria do Estado de São Paulo, Henrique Pimentel.

Fonte: Agencia Brasil