Cláudio Prates prega mudança de postura e quer Bahia competitivo

Mudança de postura. Essa tem sido a ordem no Bahia. Há quatro jogos sem vencer e sem treinador desde a última quarta-feira (2), quando Roger Machado foi desligado do comando da equipe após perder por 5×3 para o Flamengo, o tricolor tem um desafio complicado pela frente. 

Neste domingo (6), o time visita o Internacional, líder do Brasileirão, no estádio Beira Rio em Porto Alegre. Por isso, o técnico interino Cláudio Prates enfatiza que o mais importante no momento é ter outra postura em campo.

” Eles sabem que precisam se doar um pouco mais. A gente sabe que precisa passar mais subsídios para os atletas conseguirem resolver as coisas com naturalidade e confiança. As coisas estavam no caminho certo, mas pegamos um Flamengo em noite inspirada, e a gente pouco concentrado, principalmente nas partes iniciais de cada parte do jogo. É outro jogo, outra história. O grupo sempre se entregou ao máximo com Roger, e vai continuar se entregando comigo e com o próximo profissional que vier. Essa é a cara do Bahia, a gente espera retomá-la nesse jogo contra o líder – disse Prates.

Durante o treino desta sexta-feira (4), Claudinho testou mudanças na equipe. Ele não descarta alterar algumas peças para a partida contra o colorado, mas não abriu o jogo e só vai divulgar a escalação minutos antes do confronto em Porto Alegre. Segundo ele, a ideia é ter um Bahia mais competitivo. 

“Olhamos três jogos do adversário. Essa noite vamos ficar preocupados com isso também. Amanhã trabalhamos um pouco da parte tática. Dentro da análise desse líder, que está fazendo boa campanha, tem coisas interessantes de modelo de jogo, vamos tentar incrementar algo que principalmente deixe a gente bem fortalecido no quesito de competitividade. Precisamos ser muito competitivos em Porto Alegre para voltar com bom resultado”, analisou.

Fonte: Correio