Em jogo cheio de cartões, Vitória vence o Cuiabá por 4×2 pela Série B

A Série B não tem mais times invictos. Nesse sábado (5), o Vitória fez valer bem o fator casa e quebrou a invencibilidade do Cuiabá, derrotando o rival por 4×2 no Barradão. O adversário tinha iniciado a 8ª rodada como líder e precisava ganhar para retomar a posição, ocupada pelo Paraná na sexta-feira (4). Mas o Leão não quis saber e conquistou seus três pontos.

Os gols do triunfo foram marcados por Léo Ceará, João Victor, Thiago Carleto e Rodrigo Carioca, enquanto Wallace (contra) e Maxwell fizeram para os visitantes. Foi a terceira vez que o rubro-negro ganhou no Barradão, em quatro duelos – houve também um empate, com o Náutico.

Apesar da grande quantidade de gols – seis ao todo -, o destaque acabou sendo o árbitro Ronei Cândido Alves. O gol de Carleto, o terceiro do Vitória, veio após o juíz marcar um pênalti do goleiro João Carlos em cima de Marcelinho – mas o jogador do Cuiabá acertou a bola primeiro. O lance ainda rendeu cartão amarelo para o arqueiro, que, minutos depois, levou outro e foi expulso. Ao todo, foram três vermelhos (um direto) e nove amarelos.

Primeiro tempo
O Vitória começou a partida trabalhando por dentro, enquanto o Cuiabá chegava pelo lado do campo, com velocidade. E, após um jogo truncado em seus primeiros minutos, com muitas faltas, foi o visitante que se mostrou mais eficaz em chegar ao ataque, com a bola alta como maior perigo ao Leão. Uma das chances veio aos 13 minutos, durante uma sequência de escanteios. Matheus Barbosa cabeceou com perigo, mas Ronaldo fez grande defesa. Pouco depois, foi a vez de Maxwell ter chance de abrir o placar, também de cabeça, só que a pontaria deu errado.

Aos 19 minutos, o rubro-negro conseguiu sua primeira oportunidade, em uma bola de Gerson Magrão de fora da área. João Carlos, porém, estava atento e impediu. O meia teve outro bom momento após receber de Bocão e bater colocado, só que foi no centro do gol e ficou fácil para o arqueiro defender.

O placar foi finalmente aberto aos 28 minutos – e com os donos da casa, após falha do Cuiabá. O zagueiro Hélder saiu jogando errado e a bola foi nos pés de Guilherme Rend, que enviou para Léo Ceará. O camisa 9 só teve o trabalho de empurrar para deixar o Vitória na frente do placar.

Aos 35, veio o empate do Cuiabá. Elvis cruzou na direção de Jenison, Wallace apareceu antes para tentar cortar e acabou mandando contra a própria rede de cabeça. O resultado igualado, porém, não durou muito. Em cobrança de falta, Thiago Carleto mandou uma bomba e o goleiro João Carlos a espalmou para o lado. João Victor pegou a sobra e assinalou o 2×1.

Segundo tempo
A volta do intervalo foi movimentada. Aos 6 minutos, Hayner cruzou na área, na medida, para Maxwell, que cabeceou e deixou tudo igual novamente. De novo, o empate não durou muito. Três minutos depois, Marcelinho recebeu passe e, na dividida com o goleiro João Carlos, caiu. O árbitro marcou pênalti e Thiago Carleto, que não tinha nada a ver com a decisão polêmica, cobrou e converteu, deixando o Vitória na frente: 3×2.

O Cuiabá tentou o empate aos 19, quando Marino recebeu de Elvis e chutou na trave. A partir do minuto 24, o Dourado, atrás no placar, também ficou com um jogador a menos. O arqueiro João Carlos saiu do gol e foi parar o contra-ataque do Leão com falta, derrubando Vico. Ele, que já tinha tomado um amarelo, levou outro e foi expulso. Aos 34, Hélder, que também já tinha amarelo, ganhou outro por falta em Rodrigo Carioca e foi para o chuveiro mais cedo.

Aos 37, foi a vez do Vitória ter um jogador saindo de campo: Marcelinho fez falta dura em Hayner e levou o vermelho direto. Ainda assim, deu tempo de mais um gol: aos 47, em um contra-ataque, Mateusinho achou Rodrigo Carioca, que dominou e marcou mais um para o Leão.

No fim, já aos 50 minutos, Matheus Barbosa cabeceou e Guilherme Rend, melhor jogador em campo, tirou em cima da linha. O Cuiabá reclamou, dizendo que a bola entrou, mas o árbitro mandou seguir e o jogo ficou mesmo em 4×2 para o Leão.

Próximo jogo
O Vitória tem próximo compromisso na Série B só na próxima sexta-feira (11), às 21h30, quando visita o Cruzeiro no Mineirão. Também pela 9ª rodada, o Cuiabá recebe o Figueirense na Arena Pantanal na terça-feira (8), às 21h30.

FICHA TÉCNICA

Vitória 4×2 Cuiabá – 8ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Vitória: Ronaldo, Jonathan Bocão, João Victor, Wallace e Thiago Carleto (Leocovick); Guilherme Rend, Fernando Neto (Jean) e Gerson Magrão (Rodrigo Carioca) e Marcelinho; Vico (Mateusinho) e Léo Ceará (Jordy Caicedo). Técnico: Bruno Pivetti

Cuiabá: João Carlos, Hayner, Helder Maciel, Anderson Conceição e Romário; Marino (Ferrugem), Matheus Barbosa e Elvis (Matheus Nogueira); Felipe Ferreira (Yago), Maxwell (Lucas Ramon) e Jenison (Fabrício). Técnico: Marcelo Chamusca.

Estádio: Barradão, em Salvador
Gols: Léo Ceará, aos 28, Wallace (contra), aos 35, e João Victor, aos 39 minutos do 1º tempo; Maxwell, aos 6, Thiago Carleto, aos 11, e Rodrigo Carioca, aos 47 minutos do 2º tempo.
Cartões amarelos: Gerson Magrão, Thiago Carleto, Guilherme Rend, Jordy Caicedo e Rodrigo Carioca (Vitória); Elvis, Anderson Conceição, Marino e Hayner (Cuiabá).
Cartões vermelhos: Marcelinho (Vitória); João Carlos e Hélder (Cuiabá)
Arbitragem: Ronei Candido Alves, auxiliado por Magno Arantes Lira e Helen Aparecida Gonçalves Silva Araújo (trio de Minas Gerais).

Fonte: Correio