Rodriguinho fala sobre pênalti e diz que VAR precisa evoluir

O empate entre Bahia e Internacional, na tarde deste domingo (6), vai render assunto pela forma como o tricolor lutou até o fim pelo resultado, mas também pelo pênalti polêmico marcado pelo árbitro Bráulio da Silva. O juiz viu falta de Gregore em Cuesta, e mesmo conferindo o lance no monitor do árbitro de vídeo, confirmou a penalidade, deixando os jogadores do Bahia na bronca. 

Destaque do elenco do Bahia, o meia Rodriguinho foi um dos jogadores que saiu questionando a arbitragem. Apesar de concordar com o uso da tecnologia no futebol, o camisa 10 afirmou que o árbitro errou mesmo após a revisão e que o uso do VAR ainda precisa evoluir. 

“É difícil porque é uma demora grande, mas eu sou a favor do VAR pelo fato do correto. Acaba se estragando o trabalho quando se tem uma decisão polêmica que não é a correta. Hoje foi um pouco diferente. Na minha opinião, apesar do VAR, o pênalti marcado contra a gente não foi nada. Mas são coisas que a gente vai melhorando aos poucos. É o início do trabalho do VAR e acho que aos poucos vamos evoluindo. O primeiro passo é tirar essa demora para que o jogo possa fluir melhor”, disse ele.

Sobre o desempenho do Bahia, o meia elogiou a atuação do tricolor e destacou as mudanças táticas feitas pelo técnico interino Cláudio Prates. Porém, na visão de Rodriguinho, o time ainda precisa aprimorar o passe na construção das jogadas. Diante do Internacional, o Esquadrão abusou do erro na hora de puxar o contra-ataque. 

“Se a gente caprichar um pouco mais naquele último terço para criar mais chances de gol, seria bem interessante. É um crescimento que a gente pode tentar melhorar cada vez mais para criar mais oportunidades no jogo. Mas conseguimos, fora de casa, fazer dois gols contra uma grande equipe”, analisou ele. 

O Bahia de Rodriguinho volta aos gramados na próxima quinta-feira (10), quando recebe o Grêmio, às 19h15, no estádio de Pituaçu, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. 

Fonte: Correio