Médica picada por cobra sai da UTI: 'Se Deus é por nós, quem será contra nós?'

Internada desde agosto, a médica Dieynne Saugo, picada por uma cobra jararaca em uma cachoeira na cidade de Nobres, no Mato Grosso, fez sua primeira postagem no Instagram após deixar a UTI de um hospital privado em São Paulo, para onde foi levada.

No texto, ela revelou que foram três picadas, relembrou que ficou nove dias na UTI e agradeceu pelas orações. “Conversei muito com Deus, melhorei minha intimidade com ele e quando pedi uma resposta para tudo isso que estou passando, ele me disse:Fique em paz minha filha, ordenei uma equipe de anjos pra te salvar!”, postou. 

 

 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Gente do céu!!! Que susto foi esse?! 😱 Cês já tão tudo sabendo né? A cobra 🐍 me picou (foram 3 picadas) e quase me mandou pro céu! Fiquei 9 dias na UTI, conversei muito com Deus, melhorei minha intimidade com ele e quando pedi uma resposta para tudo isso que estou passando, ele me disse: “Fique em paz minha filha, ordenei uma equipe de anjos pra te salvar! Não se esqueça da sua missão e do seu propósito de vida! Siga firme e forte na FÉ! “🙏 E assim eu sigo: alimentando minha fé e já agradecendo pela minha vitória, porque em nome de Jesus eu JÁ ME SINTO VITORIOSA! Hoje eu recebi alta da UTI, fui transferida para a unidade SEMI INTENSIVA e estou sendo avaliada por uma equipe MARAVILHOSA do @hosp_einstein Só to passando pra dizer: GRATIDÃO 🙏♥️ Continuem orando por mim!!! E se possível, contribua com a vakinha para arrecadarmos fundos para o tratamento! 🙏 O link para contribuição está no meu perfil! SE DEUS É POR NÓS, QUEM SERÁ CONTRA NÓS!!! Deus abençoe cada um de vocês!!! 💖 #deusnocomando #deusébomotempotodo #believe #eusouummilagre #deusefiel #renascimento #creia #tenhafé

Uma publicação compartilhada por ✨ Dra. Dieynne Saugo 👉 Dra Fit (@dradieynne) em 7 de Set, 2020 às 6:34 PDT

 

Dieynne foi picada durante um passeio. Ela foi encaminhada às pressas para o Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) e, de lá, levada para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) de um hospital particular. Na noite de quinta-feira (3), a médica foi transferida de avião para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde passou por uma cirurgia no braço no dia seguinte.

Podcast Tempo Hábil Entrevista: Pandemia mudou a forma como brasileiros se alimentam

 

A família da médica criou uma campanha no site Vaquinha com o objetivo de arrecadar R$ 300 mil para o tratamento dela. Segundo a irmã da médica, o valor é referente ao custo da transferência para São Paulo e do período de internação no Einstein (R$ 200 mil). Ela disse que a família fez um empréstimo para conseguir realizar a transferência da médica.

Um vídeo gravado no momento da ocorrência mostra a médica pedindo socorro. A cobra teria despencado com a queda d’água da cachoeira, atingindo a médica, que estava logo abaixo da cascata. Veja abaixo:

 

 

Fonte: Agencia Brasil