'Alimentação natural não é apenas uma modinha', diz empreendedora

Durante dois anos, a publicitária, atriz e produtora executiva Renata Brasil construiu um plano de negócios que possibilitasse unir duas grandes paixões: a alimentação saudável e o empreendedorismo. Há um ano, surgia num quiosque localizado no espaço do Extra da Avenida Vasco da Gama a loja Brasil a Granel, especializada em grãos, condimentos, chás e diversos produtos naturais vendidos a granel. Agora, ela se prepara para lançar a segunda unidade da marca que trabalha com perspectiva de unir atendimento, qualidade dos produtos e preço justo. 

Alguém poderia se perguntar: mas ela está expandindo num momento de retração do mercado. Como pode? Simples. Disciplinada e inquieta, Renata tem uma longa experiência de empreender em momentos adversos e ganhar com isso. “Percebi que a alimentação natural não é apenas uma modinha, mas uma tendência da humanidade que está caminhando para cuidar mais da qualidade de vida, buscar a prevenção ao invés de tratamentos curativos e a pandemia vem mostrando como isso é uma verdade”, conta.

Renata Brasil foi a convidada de Flávia Paixão na live Empregos e Soluções do Jornal Correio, no Instagram, na noite desta quarta-feira (9). Durante o bate papo, a produtora fez questão de explicitar como todas as atividades realizadas na vida serviram de esteio para transformá-la na empreendedora de hoje. “Nem me considero uma empreendedora, digo que sou vendedora e que meu maior desejo é atender os meus clientes da melhor forma possível. Qualquer retorno financeiro é consequência disso”, completa.

Durante uma hora, a empreendedora falou sobre a importância da organização do tempo para atuar de forma eficaz nos negócios (Foto: Reprodução/Instagram)

Preparação

A decisão de empreender não chegou gratuitamente na vida de Renata. Depois da graduação, ela foi trabalhar como produtora na empresa Caco de Telha, da cantora Ivete Sangalo. O trabalho exigia muitas viagens e quando a oportunidade chegou, ela decidiu morar fora, mais especificamente na Irlanda e, durante esse tempo, produziu algumas festas. Em determinada ocasião, a briga entre o DJ contratado e a esposa, permitiu que ela experimentasse profissionalmente uma paixão antiga: a discotecagem, que se transformou uma área de atuação. 

Focada, ela voltou ao Brasil e realizou uma pós graduação em gestão musical na Pontifícia Universidade Católica (PUC), em São Paulo. Enquanto isso, não parou de trabalhar na área e atuou em grandes eventos esportivos como a Copa do Mundo, a Copa das Confederações e as Olimpíadas, além de também atuar com artistas como Carlinhos Brown, Vanessa da Mata e a banda Baiana System. “Cuidava do negócio de muita gente e pensava que estava na hora de também cuidar do meu próprio negócio”, lembra, dizendo que, para isso, foi buscar consultorias diversas, inclusive com a própria Flávia Paixão e com o Sebrae.

Nessa trajetória de buscar aprender, Renata diz que contou com apoios importantes, inclusive de parceiros que, esquecendo quaisquer traços de concorrência, distribuíram com generosidade o conhecimento em como trabalhar no ramo de alimentos, como foi o caso da Império do Grão.  

Renata também contou que apesar da sua organização e foco, a vida de quem empreende pode ser bastante surpreendente. “Nem tudo acontece como se espera. Hoje, os tributos e a dolarização dos produtos, que são importados de locais como Turquia e China, são desafios constantes, pois, inúmeras vezes, por mais que se consiga vender, o lucro se esvai em impostos”, reconhece. Atualmente, Renata busca parcerias com produtores cooperativados baianos, mas reconhece que cerca de 60% a 70% dos produtos comercializados são trazidos de fora. 

Vitórias
A alimentação natural não se vende sozinha. Renata conta que o Brasil a Granel também conquistou os clientes pela forma atenciosa de atender. “Muitas vezes, tem clientes que vão para bater papo, para saber como usar cada um dos produtos da melhor maneira”, relata, dizendo que, por isso mesmo, ela e os colaboradores contaram com o apoio de uma nutricionista para o programa Brasil a Granel Academy, onde o espaço é usado para ajudar a divulgar estudos sobre a alimentação e o potencial curativo e terapêutico dos produtos comercializados. 

Para Renata, a vitória é dos perseverantes e, por isso mesmo, ela se mantém estudando e atenta a oferecer outras oportunidades de incrementar a qualidade de vida. Por isso mesmo, além da segunda unidade da loja, ela está em vias de lançar a Marola, uma loja virtual, que comercializará pranchas de equilíbrio para quem deseja praticar atividade física em casa. “Em breve, estaremos com mais essa novidade”, finaliza a empreendedora.

Fonte: Correio