Homem ofende atendente em sorveteria de Campinas após se recusar a usar máscara

Um homem foi flagrado ofendendo uma atendente e quebrando objetos de uma sorveteria localizada em Campinas, em São Paulo. Apesar de estar com uma máscara de proteção para evitar contágio do novo coronavírus (Covid-19) no queixo, ele teria ficado irritado com o pedido da funcionária para que a posicionasse corretamente.

A atendente atendeu ao pedido de outros clientes do estabelecimento, que teriam pedido que ela conversasse com o homem em questão. Nas imagens é possível ver que ele aponta o dedo e ameaça a mulher. “Fala um ‘A’ para você ver o que eu não faço”, ameaçou. 

 

O homem, que foi identificado como Rodrigo Ferronato, afirmou à BandNews que o vídeo está incompleto e que teria sido agredido e levado um soco na barriga antes.

Porém, também à rádio, a dona da sorveteria, Pollyanna Reis, negou que Ferronato tenha sido agredido anteriormente e que as imagens de circuito interno do estabelecimento não mostram o ato e já foram anexadas ao processo.

“O cliente entrou na loja e a máscara estava cobrindo só a boca, ele escolheu alguns produtos e, quando chegou ao caixa, pedi que ele colocasse a máscara corretamente e ele negou. Eu insisti e ele respondeu ‘só cobra’. Foi quando eu me recusei a finalizar a venda e pedi para minha funcionária guardar os produtos. Eu achei que ele partiria para agressão, fiquei com bastante medo”, disse à rádio.

Em 2019, Rodrigo Ferronato foi condenado pela Justiça Federal de Jaú a prestação de serviços comunitários e pagamento de cestas básicas a entidades sociais por ameaça e denunciação caluniosa contra uma médica perita do INSS.

Fonte: Agencia Brasil