Colégios Militares recebem orientação para retornar às aulas no dia 21

Os dirigentes dos colégios militares do país receberam na última terça-feira (15) uma recomendação para retomada das atividades presenciais nas unidades a partir da próxima segunda-feira (21). O documento é assinado pelo General Francisco Carlos Machado Silva, diretor de Educação Preparatória e Assistencial responsável por gerir a rede nacional, que conta com 14 instituições de ensino

Segundo a orientação, a volta deve ser escalonada e, no primeiro momento, haverá revezamento entre as séries. De 21 de setembro a 2 de outubro, as séries do ensino médio terão aulas às segundas, quartas e sextas, enquanto às terças e quintas serão dedicadas para o 8º e o 9º ano. Já os alunos do 6º e 7º ano só retornam a partir do dia 12 de outubro, com aulas também às terças e quintas.

O CORREIO procurou a assessoria local do Colégio Militar da Bahia e foi informado de que ainda não há decisão sobre a retomada das aulas presenciais para a unidade baiana. Segundo a instituição, o documento nacional é apenas um impulso e cada comando de área deve decidir se retorna ou não com as atividades. Não há previsão para decisão final referente ao colégio soteropolitano.

Trechos do documento nacional ainda dão orientações sobre como as equipes locais devem se portar. “Os Comandantes devem preparar comunicados às famílias informando sobre o retorno e devem estimular a que enviem seus dependentes para os CM. A máxima: “Queremos voltar e estamos fazendo conforme os protocolos sanitários” deve ser reverberada por todos os integrantes dos CM. As famílias devem saber de todo o cuidado e carinho que foi empenhado para preparar o retorno de seus filhos às aulas”, diz um trecho do documento ao qual o CORREIO teve acesso. “Os Comandantes precisam ratificar a posição de que o melhor lugar que os alunos podem estar é na escola”, completa o texto. 

Fonte: Correio