'Cartolouco' admite ter agredido ex-namorada em conversa com amigo

“Cartolouco”, o jornalista Lucas Strabko admitiu ter agredido uma de suas ex-namoradas em conversa com um amigo no começo deste ano. A informação foi divulgada pelo “Uol Esporte”, com capturas de tela que mostram as respostas do ex-repórter da TV Globo e atual participante de A Fazenda, da TV Record. 

Segundo a reportagem, duas ex-namoradas dele relatam ter mantido com “relacionamentos abusivos, com traições, ofensas, violência física e moral”. O primeiro namoro começou em 2012 e o segundo terminou em 2019. “Amigos e uma testemunha ocular relatam ao menos um caso em que Lucas agrediu essa segunda namorada”, publicou o Uol. 

Na conversa obtida pelo site, Strabko diz que estava sofrendo “há anos” com a situação e é rebatido pelo amigo. “O que você podia ter feito era não agredir sua namorada, cara”. Cartolouco responde: “Não justifica, mas eu não poderia ser agredido também”. 

O portal conseguiu ainda confirmação de amigos próximos ao casal e o registro de entrada da ex-namorada no Hospital Santo Amarado, no Guarujá, em São Paulo. Ela ficou internada entre seis e sete de março de 2016. 

Leia a conversa publicada:

Lucas Cartolouco: “É muito mais fácil eu virar as costas para um amigo. Você acha que eu estou tranquilo? Que e fácil voltar tudo isso na cabeça? Mas você faz o que quiser, no entendimento que quiser. Pense nos outros. De verdade, **. Você acha mesmo que eu quis ter feito essas merdas? Você acha que é fácil? Foi. Mas tudo bem.”

Amigo: “Sei que não é tranquilo, mas eu não me relaciono com quem faz esse tipo de coisa, é simples. Você não pediu ajuda, deixou acobertado até agora e, caral**, você bateu nela, mano, mais de uma vez.”

Lucas: “Tudo bem. Não precisa se relacionar, como eu vou chegar e falar isso? Tenha empatia, se coloca no meu lugar. Acha que é fácil? Se eu tivesse cagando, não estaria trocando essa ideia com você. Não sou foda-se com esse assunto, mas não acho justo você chegar, falar e sumir. Eu não te conheço há um mês, e você sabe da minha índole.”

Amigo: “Essas coisas acontecem há anos, bicho, se ninguém descobre, nada muda pra você. E real, não quero me estender porque isso me SECA por dentro.”

Lucas: “E, simples, eu poderia te virado e mentido para você. Mas não conseguiria fazer isso. Era uma oportunidade de finalmente falar esse assunto com alguém que realmente é meu amigo. Nada muda pra mim? Você tem certeza do que tá falando? Tem certeza que essas paradas por dentro são de boa? Como você pode falar isso? Não acontecer nada? Isso me dói há anos.”

Amigo: “O que você podia ter feito era não agredir sua namorada, cara.”

Lucas: “Não justifica, mas eu não poderia ser agredido também.”

Amigo: “Já tratava ela mal pra caral** e a gente fazia vista grossa, até te protegia quando as minas dos nossos amigos ficavam te enchendo o saco. Agora isso é fo**. Já deu, mano.”

Fonte: Agencia Brasil