Uma disputa perversa terminou com 60 pessoas presas e 250 galos apreendidos em Paulo Afonso, no interior da Bahia, neste sábado (19). Um homem foi preso em fragrante com um revólver e munições.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que as prisões fizeram parte de uma operação conjunta das policiais, batizada de Bankiva. Os policiais estiveram em quatro imóveis de treinadores para cumprir mandados de busca e apreensão, e encerram uma disputa que estava acontecendo no momento em que as equipes chegaram.

Animais ficam machucados durante as disputas (Foto: Divulgação/ SSP)

Foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão nos bairros Glória, Moxotó, Pedra Comprida e Perpétuo Socorro. As rinhas são disputas em que os galos são estimulados a brigarem, e a ação deixa muitos dos animais feridos. Geralmente, envolve apostas ilegais.

Além dos animais, os policiais encontraram nos imóveis medicações, aparatos usados no treinamento dos galos, celulares e dinheiro. Um homem foi preso em flagrante com um revólver e munições. As aves passaram por avaliação e foram encaminhadas para um abrigo. 

Animais enjaulados resgatados pelos policiais (Foto: Divulgação/ SSP)

Em nota, a SSP informou que participaram da operação equipes da Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, Ministério Público do Meio Ambiente e do Conselho Regional de Medicina Veterinária. A 18ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/ Paulo Afonso) investiga o caso. 

Fonte: Correio