Após dois anos, Bahia volta a entrar na zona de rebaixamento

A conta dos oito jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro chegou para o Bahia. Pela primeira vez em dois anos, o Esquadrão voltou a figurar na zona de rebaixamento da Série A.

Depois de perder para o Corinthians por 3×2, na quarta-feira passada, na Neo Química Arena, e permanecer na 16ª colocação, com nove pontos, o tricolor acabou sendo o ultrapassado pelos adversários no complemento da rodada, no final de semana.

Os triunfos do Bragantino sobre o Ceará por 4×2, no sábado, Coritiba contra Vasco por 1×0, e empate do Botafogo por 0x0 com o Santos, ambos neste domingo (20),  jogaram o Esquadrão para a 19ª colocação. O tricolor, vale lembrar, tem um jogo a menos, já que a partida contra o Botafogo, pela 1ª rodada, vai ser disputada no próximo dia 29 de setembro, no Nilton Santos.

O Bahia não frequentava o Z4 desde maio de 2018. Naquele ano, o time fez uma campanha irregular no Brasileirão e entrou na zona de rebaixamento na oitava rodada, após perder para o Flamengo por 2×0, no Maracanã, no Rio de Janeiro. 

O clube permaneceu entre os últimos colado até o 13º jogo do primeiro turno. No 14º, conseguiu sair da situação incômoda ao vencer o rival Vitória por 4×1, em jogo disputado na Fonte Nova.

No clássico em questão, o técnico tricolor já era Enderson Moreira. Guto Ferreira, que iniciou o ano como comandante da equipe, não aguentou o período dentro do Z4 e acabou demitido depois de perder para o Grêmio, por 2×0, na Fonte Nova, pela nona rodada.

Depois de conseguir sair da zona em 2018, a pior colocação do Bahia foi o 16º. O time terminou a Série A em 11º, com 50 pontos, maior pontuação na era dos pontos corridos. Já no ano passado, o pior lugar que o Esquadrão ficou na tabela foi o 12º lugar. O tricolor também terminou o torneio na 11ª colocação, mas com 49 pontos.

Apesar de ainda ter muito campeonato pela frente, a entrada na zona de rebaixamento deixa o sinal de alerta ainda mais ligado na Cidade Tricolor. Dos últimos 22 jogos que o Bahia fez pelo Brasileirão, o time venceu apenas três. A conta leva em consideração partidas do segundo turno do ano passado e os dez jogos realizados até aqui.

Para completar, o Bahia não sabe o que é vencer um remanescente da Série A há quase um ano. A última vez foi no dia 16 de outubro de 2019, quando bateu o Grêmio por 1×0, em Porto Alegre. Na sequência, o clube ficou nove jogos sem vencer e quebrou o jejum diante do CSA – que havia subido da Série B na temporada anterior -, ao triunfar por 2×1, em Maceió.

Esse ano, os dois únicos triunfos do Bahia no Brasileirão também foram contra equipes que ascenderam da segundona: 1×0 sobre o Coritiba, e 2×1 diante do Red Bull Bragantino, ambos no estádio de Pituaçu.

Tentando ajustar
Recém-chegado ao Bahia, o técnico Mano Menezes também ainda não triunfou pela equipe. Nos dois jogos que comandou o treinador viu o Bahia perder para Atlético-GO (1×0) e Corinthians (3×2), respectivamente.

Com o fim de semana de folga, o elenco voltou aos trabalhos no sábado. Mano vai ter a semana cheia para corrigir os erros apresentados pelo tricolor. O próximo compromisso no Brasileirão será no sábado, às 19h, quando visita o Athletico-PR, na Arena da Baixada.

Mano Menezes também aguarda pelos reforços prometidos pela diretoria tricolor durante o acerto com o treinador. De acordo com o próprio Mano, o prazo limite para a análise do elenco e identificação das principais carências chegou ao fim na derrota para o Corinthians.

Fonte: Correio