Reunião online promove meditação global pela paz

Para quem vive uma rotina acelerada de metas, compromissos e precisa ainda conseguir equilibrar vida pessoal e compromissos profissionais, a meditação tem se tornado uma ferramenta cada vez mais procurada em busca de tranquilidade e centramento. Em torno do Dia Mundial da Paz, celebrado nesta segunda (21), eventos virtuais propõem experimentar a meditação como instrumento de paz individual e coletiva.

Um desses eventos é a Virada Zen, que integra a programação da Virada Sustentável. O acontecimento reunirá nesta segunda (21) virtualmente mais de 200 personalidades e lideranças para uma meditação global pela paz. Entre os participantes, estão o Lama Padma Santen, a Monja Coen e o escritor Roberto Shinyashiki. A transmissão será no Instagram @viradasustentavel e nos perfis das lideranças participantes.

Shinyashiki fala sobre a importância da meditação global como instrumento para a paz: “Pra mim, a paz é a expansão do amor, da compreensão e da fé. Quando a gente consegue entrar nesse estado de paz interior, a gente emana paz para nossa família, para o planeta, para a nossa existência. Cada vez mais, nós temos fé, cada vez mais temos compreensão, e cada vez mais a gente vive o amor, o lugar onde cada pessoa diferente tem a sabedoria de viver junto”.
 

Goreth Dunningham coordena um dos centros de meditação da Brahma Kumaris em Salvador (Foto: Divulgação)

Para todos
Mariana Amaral, idealizadora da Virada Zen, defende que meditar é um hábito que precisa ser criado e está ao acesso de todos: “É como academia: no começo, parece difícil, mas, depois que você pega o hábito, não consegue ficar sem. A meditação te convida para um lugar muito seu, íntimo, um lugar onde ninguém pode te atrapalhar, um lugar de paz, de respostas. Você pode começar pequeno, com um ou dois minutos e ir aumentando”.

Especialista internacional no assunto, a coach e palestrante Rajshree Patel (@byrajshree) explica que mesmo sem estar consciente, todo mundo já meditou um dia. “Não existe uma pessoa no planeta que não tenha meditado. Meditação é o processo de desapego, de deixar ir os seus medos, ansiedade, julgamentos e os pensamentos incessantes que mantêm a mente no passado ou no futuro. Se você não deixar ir, você não dorme. Cada noite vamos dormir, deixamos o dia ir para que possamos começar de novo no dia seguinte. A meditação é um profundo descanso necessário, como o sono”, detalha.

Para Goreth Dunninghan, que coordena em Salvador um centro de meditação da linha Brahma Kumaris, meditar vai muito além do momento de sentar e fechar os olhos. “A meditação te traz uma visão ampla, em que cabe o todo, as diferenças, os contrastes. Você começa a ter um olhar mais profundo, enxergar beleza em cada pessoa ou situação. E o melhor é que isso se aplica no dia a dia. A meditação não precisa estar num patamar mitológico, de algo zen, que é só aquele momento de estar sentado de olhos fechados. É possível levar a meditação para o dia a dia, para a fila do banco, pro trânsito, para sua interação com os familiares”.

Para Patel, meditar influencia não só o estado de paz individual mas o ambiente ao redor: ”Se um indivíduo está em paz, somente então se tem a possibilidade de sua família, sua comunidade e potencialmente o planeta estarem em paz. A paz não pode vir apenas por meio de políticas e leis. Requer que a consciência humana seja elevada para que se respeite a vida, as leis e a natureza”.

Instutora interncaional Rajshree Patel ensina meditação há mais de 35 anos (Foto: Divulgação/Trami Ngo)

Em razão da data comemorativa em torno da paz, Rajshree participa nesta terça (22), às 21h, do Prospera Experience, uma série de palestras online que, segundo a organização, tem o objetivo de “transformar pessoas, líderes e empresas para construirmos um mundo mais humano, consciente e sustentável por meio de negócios com propósito”.

Goreth reforça que a meditação é um instrumento que ajuda a alcançar a paz: “Cada um de nós precisa aprender a assumir a paz. A gente pensa na paz como um sonho a realizar, como algo que tem que ser provido por um ambiente, como uma praia, ou por  alguém, por alguma religião. A gente sempre sente que a paz está fora, mas a paz é uma qualidade intrínseca do ser humano. E a meditação é importante porque ensina a acessar a sua paz interna”.

Uma alternativa para aprender a meditar é buscar apps para isso. A busca por softwares que auxiliam na meditação cresceu 64% de março a junho deste ano em comparação ao mesmo período do ano passado – informou o Google ao CORREIO. É certo que a demanda aumentou principalmente em razão da pandemia de covid-19. 

*Com orientação do editor Roberto Midlej

Serviço 

O Amanhã da Paz | Meditação Global 

Data: 21/09

Horário: 20h

Local: Evento online transmitido pelo @viradasustentável, e perfis dos participantes que podem ser acessados pelo site da Virada Sustentável

Prospera Experience com Rajshree Patel 

Data: 22/09

Evento Online e Gratuito 

Fonte: Correio