Subtenente da PM é preso acusado de sequestrar mulher na Linha Verde

Um subtenente da Polícia Militar da Bahia foi preso em flagrante na tarde de segunda-feira, por volta das 17h30, após equipes do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) e da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) receberem uma denúncia de que uma mulher havia sido sequestrada no município de Conde, no Litoral Norte da Bahia. 

(Foto: Bruno Ricci/Arquivo GOVBA)

De acordo com informações da própria PM, com a descrição dada pelos denunciantes, as guarnições saíram em busca do veículo em que estaria a vítima. O carro foi encontrado e interceptado pelos policiais militares na altura da cidade de Pojuca, ainda no Litoral Norte. No interior do automóvel, os agentes identificaram três homens e duas mulheres, sendo uma delas a vítima e a outra seria contratada para vigiar a sequestrada.

Ainda no carro, as equipes encontraram uma cópia da identidade funcional do subtenente da PM e, após colher informações, seguiram até a casa dele, localizada em Abrantes, distrito de Camaçari. Os policiais chegaram a uma chácara, utilizada como cativeiro, de propriedade do subtenente, e deram-lhe voz de prisão. 

A identidade dele e a unidade em que ele era lotado não foram revelados pela corporação militar. A vítima o reconheceu e apontou que ele teve participação no sequestro.

Na chácara, foram apreendidos uma pistola 380, que eles mesmo registrou como extraviada da 26ª Delegacia (Abrantes). Também foram encontrados ainda outro automóvel, R$ 1,3 mil, três aparelhos celulares, um notebook, uma cópia da identidade funcional da PM e uma Carteira de Habilitação em nome de outra pessoa, além de três rádios de comunicação.

Segundo a PM, todos os envolvidos foram apresentados no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e, em seguida, o policial militar foi levado para a Coordenadoria de Custódia Provisória (CCP) da Corregedoria, onde ficará à disposição da Justiça.

Fonte: Correio