Fluminense anuncia contratação de Lucca, ex-Bahia, até 2022

O Fluminense anunciou, nesta quarta-feira (30), a contratação do atacante Lucca, ex-Bahia. Novo reforço do clube para o Campeonato Brasileiro, o jogador chega por indicação do técnico Odair Hellmann, com quem trabalhou no Internacional em 2018. Aos 30 anos, ele assinou com o tricolor carioca até abril de 2022.

“Estou muito feliz com a oportunidade. Tenho muitos companheiros aqui que eu já trabalhei junto, isso me deixa muito mais tranquilo. É um desafio gigante, estou super motivado e totalmente disposto a ajudar o clube da melhor maneira possível”, comemorou, em entrevista ao site oficial do clube.

Lucca se apresentará ao Fluminense ainda nesta semana, quando deve começar a treinar com os novos companheiros de equipe. Porém, terá que esperar um pouco para fazer sua estreia com a camisa do time. Como estava no Al-Khor, do Catar, ele só poderá jogar a partir de 13 de outubro, quando a janela de transferências internacionais abre no Brasil.

O caso do atacante é diferente do que ocorreu com Isla, no Flamengo, e Kalou, no Botafogo, pois teve seu vínculo com o Al-Khor encerrado só neste mês. Já os outros dois jogadores ficaram sem contrato antes da janela anterior ter fechado.

Dessa forma, Lucca estará ausente de três partidas do Fluminense e só poderá atuar a partir do duelo contra o Atlético-MG no dia 14 de outubro, no Mineirão, pela 16ª rodada da Série A.

O Bahia foi o último clube do atacante no Brasil. Ele chegou ao Esquadrão no meio da temporada 2019, durante a pausa para a Copa América, emprestado pelo Corinthians. Porém, não conseguiu engrenar no tricolor e só disputou 17 partidas, todas pelo Campeonato Brasileiro, sem marcar gols.

No fim do mesmo ano, acertou com o Al-Khor, onde permaneceu após seu contrato com o Corinthians acabar, em julho. Fez cinco gols em 12 partidas e entrou em campo pela última vez na derrota para o Al Ahli por 1×0, no último dia 13.

Antes do Bahia, Lucca teve uma passagem também discreta pelo Inter. Ele se destacou pelo Criciúma em 2012, marcando 19 gols em 43 partidas. Depois, foi emprestado ao Cruzeiro e, então, comprado pelo Corinthians. Pelo Timão, foi campeão brasileiro em 2015. Em 2017, foi cedido à Ponte Preta, fazendo 24 gols em 61 jogos.

Fonte: Correio