Kassio Nunes, indicado ao STF, diz que só anda armado no interior do Piauí

O desembargador Kassio Nunes Marques, indicado por Jair Bolsonaro para a vaga do ministro Celso de Mello no Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou que possui armas para se proteger, mas só anda armado no interior do Piauí, seu estado natal.

Conforme um áudio obtido pelo portal O Antagonista, o magistrado fez essa declaração durante uma reunião virtual com seis senadores na manhã desta terça-feira (6): Marcos do Val (Podemos-ES), Wellington Fagundes (PL-MT), Elmano Férrer (PP-PI), Rodrigo Pacheco (DEM-MG), Jayme Campos (DEM-MT) e Maria do Carmo (DEM-SE).

Ele contou que tem o CAC, o certificado de registro de armas para as categorias caçador, atirador e colecionador. “Tenho uma 380 e fiz uma aquisição, no ano passado, de uma nove milímetros. Não ando armado, é porque eu moro em casa, sempre morei em casa, nunca morei em apartamento. E a violência em Brasília começou a chegar no Lago Sul, que até 10 anos atrás era um lugar absolutamente protegido. E eu fico preocupado, porque aqui são cercas vivas, são cercas baixas e às vezes acordamos aqui com helicóptero da PM com atirador de elite sobre as nossas casas”, disse.

“Tenho arma, sim, mas não ando armado. Uma ou outra vez que eu portei foi quando fiz viagens pelo interior do Piauí, porque nosso estado, poucas sabem, tem uma extensão territorial maior que o estado de São Paulo: é um estado pequeno, ainda em franco desenvolvimento, um estado pobre, mas a extensão é muito grande”, completou.

Fonte: Agencia Brasil