'A gente precisa ligar o botão de urgência', avisa Eduardo Barroca

A primeira entrevista de Eduardo Barroca após estrear no comando do Vitória não foi como ele gostaria. O novo técnico rubro-negro analisou a derrota por 2×1 para o Avaí, na tarde deste sábado (10), no Barradão. 

“A gente conseguiu fazer um gol cedo, de bola parada. Depois, não soubemos aproveitar, ainda no início do jogo, a vantagem que tínhamos, e acabamos sofrendo dois gols. Naturalmente, você jogando muito cedo com o resultado contra, diante do cenário que a gente já vinha anteriormente, isso foi muito ruim”, afirmou o treinador após o apito final.

O gol do Vitória foi marcado pelo zagueiro João Victor. O Avaí converteu dois pênaltis, ambos por Valdívia. Todos os tentos foram registrados no primeiro tempo. Na opinião de Eduardo Barroca ele precisará trabalhar o psicológico dos atletas para que o time renda em campo.

“Acho que o principal é o psicológico, mostrar para eles que, mesmo na adversidade, hoje eles fizeram muitas coisas boas, lutaram até o final, buscaram o tempo todo. Nosso adversário teve competência de, nas oportunidades que teve, concluir e fazer o gol. E aí jogou um pouco mais confortável. A gente teve que jogar a maior parte do jogo correndo atrás. Mesmo assim, tivemos as oportunidades para fazer os gols. Mas não conseguimos efetivar as oportunidades que tivemos em gols. Agora é trabalhar firme, observar o jogo com detalhamento maior, fazer as correções, fazer as cobranças. Naturalmente, agora, com uma semana de trabalho, isso fica mais adequado”.

O técnico rubro-negro admitiu que, apesar de ter tido o controle da bola na maior parte do jogo, o time não conseguiu ser eficiente. 

“Apesar de a gente ter jogado uma partida com volume grande, criamos diversas oportunidades de gols, tivemos muitos escanteios, muita bola parada, um volume bom de posse de bola, mas não conseguimos ser efetivos e transformar essas oportunidades, convertê-las em gol. Então a gente precisa, nesta semana, com treinamento, trabalhar forte, trabalhar duro, para recuperar esses pontos no jogo contra a Chapecoense”, projeta o treinador.

Eduardo Barroca terá a semana inteira para trabalhar o time. O Vitória só volta a campo no sábado (17), às 16h, contra a Chapecoense, na Arena Condá, em Chapecó (SC), em jogo válido pela 16ª rodada.

“Ainda é muito cedo. É um início de trabalho, é importante que tenham ciência. Mas a gente precisa ligar o botão do sentimento de urgência. A gente está no meio de uma competição extremamente importante, em que precisa reagir imediatamente, conseguir os resultados. Em cima disso que eu vou trabalhar, para que a gente consiga, rapidamente, fazer as correções, mesmo que de forma paliativa, para que consiga recuperar esses pontos que perdeu e fazer os ajustes em cenários de vitória, que é muito melhor”, afirmou Barroca.

Fonte: Correio